Pesquisadores da conceituada Universidade de Harvard, localizada no estado de Massachusetts, nos Estados Unidos, revelaram que uma grande arma contra o #Câncer de próstata, comum em milhões de homens por todo o mundo, é se masturbar pelo menos vinte e uma vezes por mês.

A informação, que foi publicada pela revista European Urology, uma das mais famosas do mundo em se tratando de assuntos relacionados a artigos sobre urologia, já vinha se desenrolando por quase duas décadas. Foram pesquisados cerca de 31 mil homens de diversas idades, desde os mais novos na faixa etária de 20 anos até homens mais experientes com quase 50 anos.

Publicidade
Publicidade

O resultado é que todos estes homens que foram ouvidos disseram quantas vezes por mês eles se masturbam. Aqueles que indicam se masturbar mais de 21 vezes dentro de um mês apresentaram quase um terço menos chance de obterem câncer de próstata do que os outros que disseram fazer menos de 21 vezes.

Outros estudos já apontavam que o homem que leva uma vida sexual bastante ativa, está menos propenso a ter este tipo de doença. No entanto, o estudo realizado pelos pesquisadores americanos revela um número ‘preciso’ com a quantidade ideal de ejaculações que um homem precisa ter em um mês para reduzir o risco do câncer de próstata. Contudo, é bom salientar que o número mágico de ejaculações mensais não é suficiente para ficar livre da doença. Exames regulares, atividade física e uma dieta balanceada são aliados para reduzir o risco deste tipo de câncer.

Publicidade

O que é o câncer de próstata?

É um tipo de câncer que ocorre na glândula localizada logo abaixo a bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis. Este tipo de câncer é um dos que sofrem mais mutações, caso o tumor já esteja em estado bem avançado, porém quando localizado com rapidez pode ser tratado com mais eficiência.

Os homens mais maduros, acima de 50 anos, estão mais suscetíveis a acometerem esta doença e, infelizmente, quando descoberto tardiamente, o risco de cura é bem menor do que em homens com 40 anos, por exemplo, onde o tratamento pode ser menos evasivo e a chance de cura é bem maior.

Embora bastante divulgado, o exame conhecido nacionalmente como 'exame de toque', que pode identificar um tumor logo no estágio inicial, é bastante rejeitado pelo universo masculino, principalmente pelo preconceito. Esse exame deve ser feito por todos os homens com mais de 40 anos. É simples, não dói e dura poucos segundos, ou seja, um pequeno tempo que pode salvar uma vida. #Masturbação #Ejaculação