Publicidade
Publicidade

A #depressão vem crescendo em todo o mundo, mas no Brasil ela cresce mais rápido e atinge uma parcela maior da população do que nos outros países. A OMS (Organização Mundial da Saúde) estima que a média global de incidência de depressão seja 4,4%, e no Brasil ela é de 5,8%, deixando o país com a maior prevalência da doença entre os países latino-americanos.

A doença é incompreendida por pessoas que não entendem como alguém pode sentir ''tristeza o tempo todo'', e em muitos casos a depressão profunda leva pessoas ao suicídio, que podem cometer o ato mesmo sem saber que a depressão tem cura. Também é difícil saber se a pessoa sofre de da doença ou apenas reage a fatos negativos com tristeza, já que muitos não procuram informações ou profissionais.

Publicidade

Sintomas de depressão

Tristeza profunda e continua: A tristeza causada pela depressão pode durar por meses e transforma até acontecimentos que antes da doença seriam motivo de alegria em coisas desinteressantes. Com o passar do tempo, alguém com a doença pode sentir que a vida não faz mais sentido e se sente desmotivada para qualquer tipo de atividade.

Baixa autoestima: Na maioria dos casos, pessoas com a doença não conseguem ter uma imagem realista de si mesmos, o que pode causar baixa estima. A baixa estima pode ser uma das causas do agravamento de uma depressão. O comportamento de uma pessoa deprimida passar por esconder o corpo, se achar feio e evitar sair em público.

Mudanças de apetite: Esse é um sintoma que varia de pessoa para pessoa, com alguns apresentando uma perda de apetite quando se encontra com a doença, assim demonstrando rápida perca de peso, e outros apresentam o contrário, aumento de peso.

Publicidade

Não necessariamente alguém com depressão sente mais fome, e sim come mais como uma forma desesperada de sentir algum prazer.

Ansiedade: Uma pessoa ansiosa pode não ter depressão, mas é raro alguém sofrer da doença e não apresentar ansiedade também, já que ela é um dos maiores sintomas da depressão.

Pensamentos suicidas: A depressão profunda leva muitas pessoas a verem o suicídio como uma fuga da tristeza, mesmo antes de buscar tratamento para a doença. Ela é um dos maiores motivos de suicídios do mundo, e mais notadamente acontece com jovens entre 15 e 29 anos. Normalmente este sintoma pode ser percebido pelos familiares ou amigos próximos. O sintoma que mais acarreta em pensamentos suicidas é o sentimento de fracasso ou inutilidade que a depressão causa na pessoa.

Caso vários dos sintomas sejam apresentados, é recomendável procurar um especialista na área para um tratamento. #prevenção #informação