É comum que noticiários e até médicos falem de exames de Hepatite. Em uma simples pesquisa, logo obtemos o resultado de diferentes variações dessa mesma doença. Para esse primeiro momento, vamos compreender o tipo A e descobrir suas particularidades, para enfim, preveni-la.

O que é a Hepatite do Tipo A?

Assim como outras variações, a doença acomete o fígado, gerando uma inflamação que afeta todo o sistema imunológico, por conta da fragilidade do paciente durante a infecção. Uma boa notícia é que esse é o tipo mais leve da doença e costuma ser benigno em quase 99% dos casos, evoluindo apenas em casos muito específicos e raros.

Publicidade
Publicidade

A doença é muito comum e segundo a OMS (Organização Mundial de #Saúde), todos os anos, quase 1,5 milhão de pessoas são diagnosticadas com essa enfermidade. A doença tem cura e costuma durar até dois meses, embora existam casos que durem um pouco mais.

Como a doença surge no organismo?

A #Hepatite A é causada por vírus, logo ela entra no corpo após a ingestão desse vírus, que no caso, costuma ser através da água contaminada. Mas se engana quem pensa que somente pessoas que vivem em regiões com precárias condições de higiene são potenciais vítimas: o vírus pode estar presente em zonas urbanas, inclusive, em caixas de água e até em piscinas e poços.

É claro que, regiões que não possuem saneamento básico, são mais propensos de acometer as pessoas com a doença, pois o portador da doença elimina o vírus pelas fezes, logo, onde esse dejeto estiver, as chances de contaminação existem.

Publicidade

O simples fato, por exemplo, de alguém com o vírus fazer suas necessidades fisiológicas em um rio, lago ou praia, já é um fator de risco para as outras pessoas que estão frequentando o local e expostos aquela água.

A doença pode, inclusive, estar em uma porção de mariscos ou frutos do mar, que estão com o vírus que antes estava na água, mas como se trata de algo microscópico, nem mesmo o melhor chef de cozinha poderá notar.

Se o portador da doença, esteja diagnosticado ou não, não tiver o costume de lavar muito bem as mãos antes, por exemplo, de cortar algum alimento para fazer, também está colocando em risco as pessoas que vão se consumir essa comida. Pegar em objetos, como brinquedos, talheres, etc, com as mãos sujas e depois colocar as mãos na boca, também aumenta as chances de transmissão.

Sintomas da Hepatite A

Os principais sintomas são febre, falta de apetite, dor no corpo, especialmente na região do fígado, vômito, mal-estar, cansaço, fraqueza e pele amarelada. Outros sintomas podem surgir, mas esses são os principais.

Publicidade

Como prevenir #Prevenção Hepatite A

  • Sempre lavar muito bem os alimentos;
  • Evitar o consumo de frutos do mar crus ou servidos em regiões que se sabe ter alto índice de contaminação;
  • Evitar o consumo de carne vermelha ou peixe crua. Quanto mais frita ou cozida a carne estiver, mais chances do vírus ter morrido;
  • Ter bastante cuidado com a água de torneira e se certificar que a mesma não está contaminada;
  • Cuidado na hora de lavar frutas, legumes e verduras com água que possa estar suja;
  • Evita comprar frutas que são vendidas nas ruas, já partidas, pois alguém contaminado por ter encostado ou a mesma pode ter tido contato com água contaminada;
  • Por fim, procure vacinar as crianças contra esse tipo de doença. Por regra, os postos de saúde devem fornecer, gratuitamente, essa vacina e a mesma deve ser anotada na carteirinha da criança. Se informe junto ao médico pediatra sobre a dose e quando ela deve ser tomada. Adultos que não tomaram a vacina devem procurar um posto de saúde para saber como fazer para atualizar a carteirinha.