Publicidade
Publicidade

Um hábito noturno muito comum pode estar prejudicando a sua #Saúde aos poucos. Se você costuma passar as noites com as luzes de casa acessas, fique atenta. Segundo estudo realizado por cientistas da renomada universidade americana, a Havard, esse hábito pode ser um dos causadores, a longo prazo, do câncer [VIDEO] de mamas.

Para os estudiosos, pessoas que ficam expostas à luz artificial, principalmente após o pôr do sol, pode favorecer o surgimento desse tipo de tumor. Este é um comportamento simples que pode ser realmente prejudicial à saúde [VIDEO].

Durante pesquisa foram avaliadas quase 110 mil mulheres e foi observado que aquelas que moravam em regiões com maior luminosidade noturna ou que tinham trabalhos noturnos como as enfermeiras que trabalham ao longo da madrugada eram 14% mais propensas a desenvolverem o #Câncer de mama em relação às outras mulheres.

Publicidade

O longo estudo foi realizado durante os anos de 1989 a 2013, os fatores de risco, já conhecidos, relacionados ao surgimento do câncer de mama também foram incluídos à pesquisa, buscando dessa forma, descartar possíveis confusões ou distorções nos resultados do estudo.

Associação entre luminosidade noturna e câncer de mama

Um fator interessante no estudo é que a associação entre luminosidade noturna e câncer de mama só foi verificado nas mulheres que também eram fumantes (ou já tinham sido em algum momento da vida) ou no grupo das mulheres que já estavam na pré-menopausa. Infelizmente ainda não se sabe exatamente porque isso acontece.

Qual a relação da doença com a luz noturna?

Até o momento, a principal hipótese para essa relação entre a exposição excessiva à luz artificial noturna e o aparecimento do câncer de mama seria pelo fato de que essa mudança de rotina bagunçaria nosso ciclo circadiano, o que conhecemos popularmente como "relógio biológico".

Publicidade

O que, consequentemente, alteraria o nível e o funcionamento dos hormônios sexuais femininos - estrogênio e progesterona.

No entanto, segundo comunicado feito à imprensa pelo oncologista Stephen Stefani, do Hospital do Câncer Mãe de Deus, no Rio Grande do Sul, "Investigações mais aprofundadas são necessárias para que essa associação seja confirmada e, se for o caso, melhor compreendida".

É importante destacar que as luzes artificiais não são apenas aquelas encontradas em postes ou nas lâmpadas usadas para iluminar as nossas casas e empresas, o celular e o computador também são fontes de luz artificial e podem ter o mesmo efeito negativo indicado no estudo acima.

Portanto, sempre que possível tenha boas noites de sono, com todas as luzes apagadas, combinado?

Deixe o seu comentário, ele é muito importante! #Saúde da mulher