Publicidade
Publicidade

Nem sempre existe uma conversa entre pais e filhos a respeito de relações íntimas. Por isso, muitas vezes, os jovens acabam procurando informações sobre esse assunto com outras pessoas e é aí que mora o perigo. Frequentemente esses jovens podem acabar escutando vários mitos sobre a primeira relação e isso poderá prejudicar os jovens que acreditam nesses mitos.

As informações repassadas para essas pessoas precisam ser verdadeiras, para que assim elas possam saber como se prevenir e evitar surpresas desagradáveis. É muito importante que as pessoas saibam a verdade sobre a primeira vez. Talvez, muitas garotas e garotos não se colocariam em risco se tivessem informações verdadeiras a respeito desse tema.

Publicidade

É preciso existir uma boa relação entre pais e filhos para que assim os jovens se sintam a vontade e seguros para poder conversar com seus pais sobre temas de grande importância na vida deles. Porém, nem sempre existe um bom diálogo entre pais e filhos e isso pode complicar um pouco as coisas.

Conheça algumas coisas que todos precisam saber antes da primeira #relação íntima.

Ninguém engravida na primeira vez

Essa afirmação é completamente falsa. A verdade é que é possível que a mulher engravide em sua primeira relação íntima [VIDEO], na segunda, na terceira ou em qualquer outra relação íntima que aconteça sem ‘proteção’.

A ginecologista Arlete Gianfaldoni revelou que não existe muito mistério a respeito desse assunto. As pessoas precisam estar cientes que se mantiverem relações íntimas sem fazer o uso do preservativo ou do anticoncepcional a mulher pode engravidar mesmo se ela for virgem.

Publicidade

A médica ainda alerta que se a mulher for virgem as chances dessa relação íntima resultar em gravidez é ainda maior.

De acordo com a ginecologista os níveis de estresse podem alterar o equilíbrio hormonal da mulher e quando isso acontece ela fica ainda mais fértil. Ela explica que é muito comum que a mulher fique muito ansiosa quando a primeira relação íntima vai acontecer e é exatamente isso que poderá deixar a mulher muito mais propensa a engravidar.

A ginecologista Arlete ainda revelou que quando a mulher está ovulando é comum que ela sinta um desejo sexual intenso. Ela ainda explica que muitas garotas têm sua primeira relação íntima no período em que estão ovulando. A libido da mulher atinge níveis elevados por causa de um hormônio chamado estrogênio. Arlete afirma que tudo isso é responsável por aumentar o risco de gravidez na primeira relação.

Doença Sexualmente Transmissível

Não importa se vai ser sua primeira ou sua vigésima relação íntima, se você não se proteger fazendo o uso do preservativo você corre sérios riscos de se contaminar com uma ou mais das inúmeras DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis).

Publicidade

Toda mulher sangra em sua primeira relação

Essa é uma outra grande mentira. O fato de uma mulher não sangrar em sua primeira relação íntima não significa que ela não seja virgem. O sangramento é algo comum em muitas mulheres, mas, nem todas sangram na primeira relação. Algumas sangram nas próximas relações e outras podem nunca sangrar. #Doença Sexualmente Transmissível #Tendências