Publicidade
Publicidade

É muito importante que as mulheres tenham o hábito de fazer o #Autoexame das mamas. Quando se faz o autoexame é possível ver se existe alguma anomalia nessa parte do corpo. Dessa forma, a mulher saberá se existe ou não a necessidade de procurar um médico urgente.

Quando ela não tem esse tipo de atitude, algumas anomalias podem surgir, e quanto antes elas foram descobertas, melhores são os resultados do tratamento, se for o caso, e a cura.

Embora muitas mulheres não façam o autoexame, ele é muito importante. Os exames preventivos orientados por um médico irão garantir que a mulher consiga obter um diagnóstico rápido e que, em muitos casos, pode antecipar um eventual tratamento para o problema encontrado.

Publicidade

Durante a avaliação dos seios é normal que algumas mulheres fiquem assustadas quando percebem que existem algumas bolinhas em volta dos mamilos. É preciso lembrar que geralmente essa característica não evidencia nenhum tipo de anomalia, a não ser em casos especiais que merecem mais atenção. Veja os cuidados a serem tomados:

O significado das bolinhas ao redor dos mamilos

É comum que muitas mulheres já tenham se perguntado o que são essas bolinhas ao redor dos mamilos. Vale lembrar que elas são normais no corpo da mulher. Elas são ductos mamários que auxiliam na alimentação dos bebês, pois elas têm a função de fornecer o leite.

Sintomas que evidenciam um câncer

Se as bolinhas estiverem com uma aparência saudável, não é preciso que a mulher tome nenhum tipo de atitude. Entretanto, se a mulher perceber que elas têm pequenas fissuras, pequeninos cortes que não cicatrizam ou estão vermelhinhas, é necessário procurar ajuda médica o mais rápido possível.

Publicidade

Em casos graves, esses sinais podem evidenciar uma doença que a medicina chama de doença de Paget.

A doença de Paget

Doença de Paget é um tipo de tumor que acomete o mamilo e/ou aréola e representa de 0,5 a 4,3% dos casos de carcinoma mamária.

A importância da mamografia para a saúde da mulher

A mamografia tem o objetivo de procurar sinais precoces de câncer de mama [VIDEO]. O exame acontece por meio de radiografia e é feito em ambas as mamas.

Para uma análise clínica mais detalhada é feita a compressão das mamas, para que as imagens radiográficas captadas sejam melhores. É comum que algumas pacientes reclamem do desconforto físico causado pelo procedimento do exame.

Idade para começar a fazer o exame de mamografia

A recomendação é que as mulheres comecem a realizar os primeiros exames entre 35 e 40 anos de idade. Esse primeiro exame servirá para que o médico possa fazer comparações com exames posteriores.

Quando a mulher tem entre 40 e 50 anos é o médico que determinará com qual frequência ela deverá fazer os exames.

Publicidade

Após os 50 anos é recomendável que os exames sejam realizados anualmente.

Tratamento alternativo contra o câncer não é tão eficaz

Quem acompanhou o caso do apresentador da Rede Record Marcelo Rezende [VIDEO] sabe que ele descobriu que estava com câncer, mas optou por fazer um tratamento alternativo contra a doença. Marcelo se submeteu a duas sessões de quimioterapia antes de abandonar o tratamento convencional e optar por uma dieta especial.

O tratamento alternativo não curou o apresentador e ele faleceu no dia 16 passado. De acordo com um estudo publicado no jornal científico do National Cancer Institute, dos Estados Unidos, pacientes que optam por fazer tratamento alternativos têm o dobro de chance de morte.

Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é muito importante para a nossa equipe e sempre ajuda no diálogo. #Saúde