Publicidade
Publicidade

Você acha que consumir álcool faz bem para a #Saúde? Não? Então preste atenção em tudo o que alguns pesquisadores descobriram sobre isso e veja se os seus conceitos precisam mesmo serem revistos.

Por mais de 29 anos, alguns pesquisadores da Universidade de San Diego, analisaram 1.344 candidatos adultos, moradores da Califórnia. Após todo esse trabalho minucioso e muita dedicação dos especialistas, o que eles descobriram, é de deixar muitas pessoas de queixo caído.

A grande revelação

Pelo que eles descobriram, a maioria das pessoas que possui o costume de beber de 1 a 3 doses por dia, possuem maior chance de chegarem aos 85 anos de idade sem problemas de demência, esses que geralmente chegam junto com a #velhice.

Publicidade

Tal estudo foi feito em relação a pessoas brancas de classes média e média-alta, por isso, não existiram outros fatores que influenciaram tal resultado.

Ainda segundo o que a pesquisa revelou, as pessoas que bebem de forma moderada a pesada, ou seja, bebem durante 5 ou 7 dias por semana, possuem um tipo de mente muito mais saudável do que as que não bebem. O que de alguma outra forma indica que, talvez o consumo de álcool, pode ser benéfico afinal, o que contradiz muitos estudos e recomendações médicas que existem, sendo que, nada disso é comprovado cientificamente. [VIDEO]

Então seria saudável beber?

Mesmo com os resultados apontando a relação entre a saúde na velhice com o consumo de #bebida, os pesquisadores afirmam que ainda é muito cedo para dizer que o simples ato de ‘beber de modo desenfreado’, pode ser bom para a saúde.

Publicidade

Na realidade, o argumento deles é que as pessoas que geralmente bebem mais vinho, com mais frequência, normalmente possuem mais dinheiro e são mais educadas. Elas também fumam menos e possuem um tipo de acesso mais facilitado em relação aos serviços de saúde. Ou seja, há apenas suposições que envolvem o estilo de vida das pessoas que fazem com que bebam mais, sendo que, com muita moderação e de forma consciente.

Para o autor principal do estudo, Erin Richard, o resultado da pesquisa serviu para mostrar para as pessoas, como o costume de beber de forma moderada pode ser parte de um tipo de estilo de vida. Tudo para ajudar a manter a mente saudável e boa enquanto a pessoa envelhece. Entretanto, ele frisa que não há uma recomendação para que as pessoas comecem a beber de forma desesperada, pois o que para muitos pode ser benéfico, para outros pode não ser.