Publicidade
Publicidade

O sexo sem #proteção é uma das grandes portas de entrada para doenças que podem causar sérios problemas para a #Saúde da pessoa e trazer muita “dor de cabeça” no futuro. Dentre as principais doenças transmitidas sexualmente através do sexo desprotegido se encontram a sífilis, as hepatites virais (B e C) e a aids. A última é um motivo de grande preocupação por parte das autoridades médicas e pelo #Ministério da Saúde do Brasil, uma vez que a doença não tem cura, apesar de poder ser controlada com os o tratamento ofertado gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e pelas grandes complicações que a doença pode levar para o organismo humano como um todo.

Publicidade

Hoje, não é apenas o público masculino que pode contar com o uso de preservativos para se proteger das doenças sexualmente transmissíveis. As mulheres também tem vez e podem contar com a proteção do preservativo feito para elas.

Com ele, a mulher pode tomar para si a responsabilidade na hora H e realizar sexo seguro. Mais que uma opção, a camisinha feminina dá à mulher o controle da proteção para ter prazer sem descuidar da saúde. Ela traz também empoderamento para vencer a carga de estereótipos relacionados ao uso de preservativos.

Não sei como usar. É difícil?

Não é difícil. O uso da camisinha feminina é fácil; veja no vídeo:

A mulher pode treinar e inserir a camisinha antes mesmo da relação sexual, o que pode trazer muito mais conforto e segurança. Aliás, essa é uma das vantagens da camisinha feminina.

Publicidade

Ela pode ser colocada antes da relação sexual por até seis horas antes do sexo. Isso dá a mulher maior autonomia sobre o seu próprio corpo e da sua saúde. E evita muitas vezes aquele constrangimento

Dicas importantes que você deve saber:

Muitas mulheres têm dúvida se a camisinha feminina pode ser usada junto com a camisinha masculina. E a resposta é não: você deve escolher ou uma ou outra. Usar as duas pode levar a um atrito entre os preservativos, favorecendo o rompimento da mesma. A camisinha feminina tem a mesma segurança do que a masculina e, por isso mesmo, não tem motivo nenhum para você utilizar as duas na relação sexual.

O preservativo feminino pode ser encontrado em qualquer posto de saúde e é distribuído gratuitamente pelo SUS. É também possível encontrar e adquirir em alguns supermercados e farmácias.

O uso da camisinha feminina é um passo importantíssimo na autonomia da mulher. Fique ligada: sexo seguro é vida segura.