Publicidade
Publicidade

O câncer é uma doença que pode acometer qualquer órgão e tecido do corpo humano e vem crescendo de forma bastante intensa a sua incidência. Atualmente, com os meios de comunicação e com as redes sociais, é cada vez mais fácil ficar sabendo a forma com que muitas pessoa sofrem com essa doença.

Muitos famosos já foram acometidos com o câncer. Alguns conseguiram vencer a batalha contra a doença e outros não tiveram tanto sucesso, como a atriz e humorista Márcia Cabrita [VIDEO], que faleceu semana passada vítima de um câncer nos ovários, ou mesmo o apresentador e jornalista Marcelo Rezende, que sofreu com um tumor no pâncreas, falecendo após alguns meses de tratamento.

Publicidade

O dono do Baú [VIDEO], amado por tantos brasileiros, Silvio Santos, apesar de aparentar esbanjar saúde e bom humor já sofreu com um câncer perigoso e silencioso que causa a morte de milhares de pessoas que não realiza diagnóstico precoce do quadro. A doença que já acometeu Silvio Santos é um tipo de câncer de pele extremamente agressivo, chamado melanoma.

O que é e como esse câncer aparece?

O melanoma é o pior tipo de câncer de pele, que tem aumentado sua incidência no Brasil e em todo o mundo. Ele leva a morte um número elevado de pessoas, pois, após acometer a pele, se infiltra pelo sangue e chega até o pulmão, fígado e cérebro, espalhando o câncer por órgãos extremamente importantes para a vida.

O melanoma se caracteriza por uma pinta de coloração escura que aparece na pele, no couro cabeludo ou em mucosas.

Publicidade

Normalmente é uma pinta que começa a crescer de forma mais rápida, que muda de cor, recebendo tons que variam do marrom ao preto e azul.

É uma pinta que geralmente é assimétrica e que em alguns casos pode coçar, mas não é comum. Costuma surgir mais frequentemente em pessoas de pele clara, e olhos claros, mas não pense que negros estão livres desse câncer. As pessoas de pele mais escura geralmente têm melanoma em região de palma da mão e planta dos pés, que são áreas mais claras e mais pobres de melanócitos (células que dão cor a pele).

O melanoma [VIDEO], quando diagnosticado, deve ser prontamente retirado através de uma cirurgia realizada por um médico. Após ser retirada, a pinta vai para uma análise histológica onde se analisará o perfil do tumor e, a partir daí, pode haver a necessidade de exames complementares e até mesmo quimioterapia e radioterapia, se o tumor já estiver alastrado para outras regiões do corpo.

O câncer pode acometer qualquer pessoa, homem ou mulher e não tem uma idade de preferência. Se proteger do sol usando filtro solar e outras medidas é de enorme importância para se afastar do problema. Realizar o autoexame da pele e consultar-se com um dermatologista são de suma importância.

Fique ligado, com saúde não se brinca. #SilvioSantos #rodrigofaro #Eliana