A cidade de Itabirito, no interior do estado de Minas Gerais, está com inscrições abertas para os que quiserem concorrer a uma das 267 vagas para trabalha na Prefeitura do local. Dessas, 23 são reservadas para portadores de necessidades especiais. Os interessados podem se inscrever até o dia 28 de janeiro de 2015. O valor pago por mês é de no mínimo R$ 880,00 e de no máximo R$ 6.378,90. A carga horária trabalhada varia entre 6 e 40 horas por semana, de acordo com o cargo escolhido pelo candidato.

Há 58 vagas para monitor de apoio escolar nível fundamental e 56 para monitor de transporte escolar. Ambas exigem curso fundamental completo.

Publicidade
Publicidade

Já os cargos de guia de turismo; instrutor desportivo; agente de monitoramento; telefonista; inspetor de alunos; secretária escolar; instrutor desportivo e orientador social exigem nível médio completo. Há também oportunidades para quem tem curso técnico nas seguintes áreas: técnico em segurança do #Trabalho; instrutor de informática; topógrafo e técnico em turismo.

Pessoas com cursos superior completo podem concorrer aos cargos de: engenheiro de segurança do trabalho; economista; contador; biólogo; bibliotecário; engenheiro civil e turismólogo com uma vaga cada. Há também oportunidade para professor desportivo; historiador e administrador de empresas com duas vagas cada. Três vagas para jornalista, 9 para advogado; 4 vagas para arquiteto; 3 oportunidades para designer gráfico; 4 oportunidades para educador ambiental; quatro para professor de teatro; 6 para psicólogo e 35 vagas para técnico administrativo.

Publicidade

As inscrições e o edital completo podem ser encontrados no site da organizadora do certame, a Fundação de apoio ao desenvolvimento da educação, ciência e tecnologia de Minas Gerais. Após preencher a inscrição é necessário imprimir o boleto para o pagamento da taxa que varia de R$ 45,00 a R$ 150,00.

As provas de múltipla escolha estão previstas para serem realizadas no município, no dia 2 de março de 2015. Alguns cargos precisarão também que seus candidatos passem por avaliação psicológica e prova de redação. A lista de cargos com essa necessidade pode ser visualizada no edital.