Logo após a divulgação dos resultados do Enem, a Agência Espacial e a Agência de Oceanos e Atmosfera dos Estados Unidos divulgaram dados alarmantes sobre o clima no planeta em 2014. O ano foi considerado o mais quente da idade moderna. Isso gerou graves consequências e continuará gerando.

Entre as consequências do aquecimento está a elevação do nível do mar, principalmente devido ao derretimento do gelo polar. Com essa elevação, as ilhas Maldivas já estão condenadas, o que nos faz refletir sobre o futuro das cidades costeiras, uma vez que em parte das cidades litorâneas o mar avança e destrói casas, prédios e barracas.

Um exemplo dessa destruição, é a praia do Icaraí, no município de Caucaia, Ceará. Mas essa é apenas uma das consequências do aquecimento. Uma conferência realizada em Lima no Peru, a COP 20, aprovou, na madrugada de hoje, um tratado que pretende frear o aumento da temperatura. No tratado, países emergentes, inclusive o Brasil, são citados com o intuito diminuírem a emissão de gases.

O tema pode surgir nos cursos preparatórios, como primeiro candidato a proposta de redação do Enem 2015. Frente a importância do assunto e a possibilidade de se ter aproximadamente 7 milhões de estudantes apresentando propostas de intervenção pode instigar os líderes governantes com influência sobre o Ministério da #Educação. Contudo, mesmo que o tema não seja o proposto para a redação, há também grande possibilidade de que ele apareça em outras seções do concurso. Aos estudantes, vale a pena pesquisar e procurar entender o assunto, uma vez que quem estudou de última hora foi surpreendido pelo tema da redação em 2014.

Entender os fatores que causam o aquecimento e suas consequências é o primeiro passo. Refletir sobre as ações do homem e quais as alternativas para frear o aquecimento poderá ser um ato decisivo na construção da proposta e para obtenção de 200 pontos na competência 5. Mas o que o candidato não pode esquecer é que o foco principal está no enunciado, no texto que vem após a palavra TEMA.  Bons estudos. #Vestibular