O Programa de Pesquisa em Conservação e Manejo de Quelônios do Instituto Mamirauá lançou um novo edital. Dessa vez é para selecionar bolsista para atuar no projeto "Conservação e manejo de quelônios amazônicos", que visa principalmente #Animais do gênero Podocnemis. As atividades do bolsista serão realizadas em Tefé - AM e na região.

Para concorrer à vaga é necessário ter mestrado em áreas ambientais ou em curso de ciências biológicas. Deve ter também conhecimentos de informática; experiência em #Trabalho sobre a ecologia reprodutiva de quelônios amazônicos, ser motivado, líder e saber atuar em equipes multidisciplinares.

Publicidade
Publicidade

Candidatos que tenham experiência em trabalhos com a comunidade local e em ambientes alagados da Amazônia se destacarão na seleção. Proficiência em língua inglesa e conhecimento de detalhes da pesquisa em herpetologia são desejáveis.

O bolsista vai elaborar projeto de pesquisa, participar das atividades com quelônios amazônicos, atuar nas atividades de monitoramento dos animais, atuar junto aos moradores locais e apoiar atividades de proteção comunitária de praias de desova.

O que o Instituto Mamirauá oferece

O selecionado terá o deslocamento da sua cidade até Tefé pago e, caso o bolsista fique até o final da bolsa, a viagem de volta também será custeada pelo Instituto. Esse período será descrito no "Termo de Responsabilidades do Bolsista". Quando o trabalho for realizado em campo, o alojamento, a alimentação e o transporte também serão oferecidos pelo Mamirauá.

Publicidade

O candidato terá também um seguro de vida.

A bolsa é do CNPQ na modalidade PCI-D e varia de acordo com a formação do selecionado, experiência profissional, entre outros pontos, sendo que o mínimo pago é de R$ 2.200,00 e o máximo é de R$ 4.000,00.

A residência fora dos dias de trabalho de campo é por contado bolsista. A pessoa precisa ter disponibilidade de residir em Tefé e estar disposta a realizar trabalho de campo em locais que nem sempre terá conforto. Inscrições até o dia 27 de fevereiro de 2015. 

Maiores informações podem ser obtidas no site do Instituto Mamirauá. Clique aqui e veja a seleção aberta para um projeto com pequenos mamíferos. Veja aqui também a vaga para projeto com botos e aqui a oportunidade para bolsista para trabalhar com felinos.