O MEC (Ministério da #Educação) divulgou nesta segunda-feira, (02), a lista dos pré-aprovados para a primeira chamada do PROUNI – Programa Universidade para Todos. Os selecionados terão até o dia 09 de fevereiro para comparecer à instituição na qual foram pré-admitidos, munidos de toda a documentação que comprovem as informações preenchidas na ficha de inscrição, para garantirem sua vaga. Aqueles que não cumprirem o prazo para autenticação das informações junto à universidade perderão o direito ao beneficio.

O programa, lançado em 2004 pelo Governo Federal, oferece bolsas parciais ou totais em instituições de ensino superior com base nas notas obtidas no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

Publicidade
Publicidade

Para ser contemplado, os candidatos têm que ter estudado todo o ensino médio na rede pública ou em escola particular na condição de bolsista integral, não possuir diploma de ensino superior e comprovar renda bruta familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa para bolsa integral ou de até três salários mínimo por pessoa para bolsas parciais de 50%.

Além disso, os interessados terão que ter tirado, obrigatoriamente, nota mínima de 450 pontos na prova objetiva da edição de 2014 do ENEM e não ter “zerado” na redação. Vale lembrar que professores do quadro permanente da rede pública de ensino fundamental e médio, que concorrem a cursos de licenciatura, também podem participar do PROUNI. Neste caso, não é necessário a comprovação de renda bruta familiar por pessoa.

Em 2015, o Governo Federal disponibilizará 213.113 bolsas no PROUNI, sendo que 135.616 serão destinadas a benefícios integrais e 77.497 para parciais de 50%.

Publicidade

Estima-se que essas bolsas estejam distribuídas entre mais de 30 mil cursos em 1.117 instituições de ensino superior privadas espalhadas por todo território nacional.

A lista com o resultado da segunda chamada dos aprovados no Programa Universidade Para Todos está prevista para ser divulgada no próximo dia 19 de fevereiro.

A lista dos aprovados na primeira chamada pode ser acessada no site do MEC. #Vestibular