O Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá está com duas #Vagas para bolsistas no projeto "Monitoramento participativo da fauna cinegética e de primatas nas Reservas de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e Amanã". As atividades são realizadas na região do Médio Solimões, nas Reservas de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e Amanã, estado do #Amazonas e também em Tefé, na sede do Instituto.

Quem está responsável pela realização do projeto é o Grupo de Pesquisa em Ecologia de Vertebrados Terrestres do IDSM. O objetivo principal é a monitoração de trilhas nas duas reservas para estudar as populações ali existentes.

Publicidade
Publicidade

Quem pode se candidatar às vagas

Para concorrer a uma das duas vagas é necessário ser graduado em Ciências Biológicas e ter bom preparo físico, visto que pó trabalho pode exigir caminhadas intensas e exposição ao calor, mosquitos, áreas alagadas e chuvas. A pessoa precisa estar disposta a usar barcos para se deslocar, sendo muitas vezes embarcações pequenas. É necessário ter experiência em trabalho de campo; ser cuidadoso com os materiais do projeto; ser organizado; ter facilidade de se comunicar em público para poder participar de eventos; estar apto para coordenar trabalhos de campo; poder morar em Tefé; saber trabalhar em equipe e junto com a comunidade local.

O candidato deve ser pontual, saber usar o GPS e a bússola e ter conhecimento básico em informática. Embora não seja obrigatório, é desejável ter experiência no uso de amostragem de Distâncias e em estudos ecológicos e em trabalhos de campo na Amazônia.

Publicidade

Funções do bolsista

Os selecionados acompanharão as atividades de campo e a abertura de trilhas. Serão responsáveis pelo planejamento do desenho amostral para que o monitoramento possa ser feito. Serão responsáveis pela coleta de dados, organização das expedições de campo e desenvolvimento do trabalho com as comunidades ribeirinhas.

Remuneração

A bolsa é de R$ 1.700,00 (mil e setecentos reais) mensais a partir da data de contratação. Inicialmente são 12 meses de contrato, mas pode ser renovado por mais 24 meses. O instituto garante alojamento, alimentação e transporte apenas nos dias em que os bolsistas estiverem a campo, nos demais fica a cargo de cada um deles o local de estadia e demais custos.

Inscrições

As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 17 de março de 2015. A lista de documentos, email para contato e demais informações podem ser obtidas no edital disponível no site do Instituto Mamirauá. No dia 21 de março os pré-selecionados serão contatados para agendar uma entrevista, que será virtual e feita entre 23 e 25 de março. O resultado será divulgado no dia 26 do mesmo mês e as atividades já começarão no dia 15 de abril de 2014.