Estão abertas até o dia 25 de março as inscrições para o concurso de redação "Muitas línguas, um mundo" (Many languages, one world). Ao todo, 70 estudantes serão selecionados para atuarem como delegados na United Nations Academic Impacto Global, no Fórum da Juventude 2015. A proposta é que eles criem planos de ação para as Nações Unidas, especialmente ligados aos temas da agenda do desenvolvimento sustentável no contexto do multilinguismo, da diversidade cultural e da cidadania global.

Os vencedores receberão o convite para ir até Nova York, na sede das Nações Unidas, participar de diversos eventos e debates. O período de estadia será de 20 a 26 julho de 2015.

Publicidade
Publicidade

A ELS - Educational Services é a organizadora e patrocinadora do concurso e do evento.

Os candidatos devem escrever um ensaio com 2000 ou menos palavras que dissertem sobre a "agenda de desenvolvimento global pós-2015", inserido nas comemorações de 70 anos da Organização das Nações Unidas (ONU). Concorrem pessoas de todo o mundo.

O concurso é destinado a estudantes universitários que tenham mais de 18 anos no dia 25 de março de 2015. Os textos devem ser escritos num dos idiomas oficiais das Nações Unidas (árabe, chinês, inglês, francês, russo ou espanhol). Além disso, o candidato não pode escrever na sua língua materna ou na que foi sua língua de instrução durante a fase escolar. Um dos objetivos é exatamente estimular o multilinguismo e o estudo de outros idiomas.

Para participar é necessária a indicação de um professor ou representante autorizado pela Universidade onde o aluno estuda.

Publicidade

Caberá ao representante institucional atestar que o candidato seguiu as orientações e os requisitos do concurso.

O concurso passará por duas etapas. A primeira é a avaliação dos ensaios. A segunda será uma entrevista online via Skype realizada por um painel de juízes internacionais. Os vencedores serão definidos através da pontuação obtida nas duas fases.

Os selecionados terão as viagens de ida e volta para os Estados Unidos, as refeições e os alojamentos pagos pela organizadora. Para maiores informações acesse o site da ELS. #Educação