Tornar-se funcionário público é um desejo de muitos brasileiros, que veem no funcionalismo público uma oportunidade de ótimos salários e estabilidade. Para quem deseja ingressar na carreira pública, é necessário entender que começar a estudar o quanto antes pode ser um ponto a mais em relação aos concorrentes. Outro ponto que deve ser abordado é escolha da carreira de acordo com a sua afinidade e não apenas por status e remuneração.

Cuidar da saúde, seguir uma rotina e estudar para uma carreira específica ajudam no melhor desempenho do candidato. Mesmo com as dificuldades financeiras, o Governo Federal deve abrir várias vagas este ano. A necessidade de manter o quadro de funcionários é grande, já que muitos funcionários têm aposentadoria marcada. Por isso, é importante ficar atento a publicação do edital e conhecer os concursos anteriores.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ), teve concurso autorizado para o preenchimento de vagas de nível médio (técnico) e superior (analista). Para as vagas de nível médio, o salário pode chegar a mais de R$ 6 mil, já incluindo os benefícios como a gratificação de atividade judiciária (GAJ). Os analistas, com previsão para diversos cursos, têm vencimentos que podem chegar à R$ 9.555,53 iniciais. O tribunal ainda não escolheu a banca organizadora do concurso.

A Defensoria Pública da União (DPU), tem edital previsto para publicação este mês. O concurso que será realizado pelo Cespe/UnB, terá vagas para nível médio e superior. A remuneração inicial para nível médio é de R$ 3.191,02 e para nível superior é de R$ 4.620,86. Os interessados devem iniciar logo os estudos devido à proximidade do edital. As inscrições terão taxas de R$ 70 para agente administrativo e R$ 100 para analista.

As agências federais também tem previsão de concurso para este ano. A Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Agência Nacional de Água (ANA) terão concursos para nível médio e superior. Os salários variam de R$ 5 a R$ 15 mil reais.

O BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) tem concurso com edital previsto para junho, com cargos de nível médio e superior. A remuneração pode chegar a mais de R$ 12 mil reais. O Ministério da Fazenda também terá oportunidades. Organizado pela Esaf, o concurso selecionará para preenchimento de cargos de nível médio e superior. Além do salário, que pode chegar a quase R$ 5 mil reais, a quantidade de vagas é outro atrativo, serão mais de 3 mil espalhadas por todo o país. #Seleção