A Força Aérea Brasileira - FAB abre concurso público para o provimento de 283 #Vagas em diversas áreas. O concurso é a nível nacional e os candidatos serão aprovados como sargentos da aeronáutica. As vagas são para candidatos do sexo masculino e feminino. O concurso consiste em diversas fases mais curso de formação para sargentos.

Vagas oferecidas pela FAB

A FAB oferece vagas 128 vagas para controlador de tráfego aéreo, 4 para metalúrgico, 9 para pintor, 6 para eletromecânico, 6 para desenhista, 7 para metereólogo, 22 para seguranças e guardas, 22 para bombeiros, 45 para mecânicos de aeronaves. Há vagas para as áreas de comunicação, material bélico, suprimentos, equipamento de voo e informações aeronáuticas.

Publicidade
Publicidade

Aprovados no concurso

Os aprovados no concurso realizarão um curso de formação de sargentos da aeronáutica com início em janeiro de 2016. O curso dura aproximadamente dois anos e acontece na cidade de Guaratinguetá no interior do estado de São Paulo na Escola de Especialistas da Aeronáutica - EEAR.

Inscrições para o certame

Os candidatos podem se inscrever até o dia 19 de maio de 2015 pela internet. O valor da taxa da inscrição é de R$ 60,00. O candidato será avaliado em diversos exames em várias fases, como provas escritas (discursivas e objetivas), exames de inspeção de saúde, testes de avaliação física, exames psicológicos e comprovações documentais.

Concursos públicos e vagas no Brasil

Com vagas em aberto no país o Ministério da Saúde pretende contratar em regime imediato mais de 400 profissionais.

Publicidade

As oportunidades são para técnicos e profissionais com graduação na área. As inscrições estão abertas até o dia 10 de maio de 2015.

Com um dos melhores salários já divulgados em 2015 para candidatos com nível médio, o Ministério Público do estado da Paraíba tem edital aberto com mais de 100 vagas. Os candidatos com ensino médio completo pode concorrer a vaga de técnico ministerial com salário inicial de R$ 4.062,28. As inscrições podem ser realizadas até o dia 6 de junho de 2015. #Trabalho