O Instituto Federal Catarinense - IFC (ou Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense) teve origem com a integração de algumas escolas agrotécnicas e hoje conta com 15 campi, espalhados por cidades do estado de Santa Catarina. O instituto, que oferta desde os níveis de formação inicial e continuada até a pós-graduação, abriu edital para seleção de professores.

Foi divulgado o edital do concurso público nº 048/2015, através do qual serão selecionados 191 professores em nível superior para diversas disciplinas. Os salários podem chegar até R$ 8.639,50, dependendo da titulação.

No site do IFC pode ser feita a inscrição até as 16h do dia 24 de abril de 2015, sexta-feira.

Publicidade
Publicidade

O valor da inscrição para este concurso é de R$ 75,00, como compensação pelos gastos com materiais e serviços.

Sobre as provas

A previsão para aplicação das provas é dia 24 de maio de 2015, em local e horários a serem confirmados pelo e-mail indicado pelo candidato no ato da inscrição. Nele, também será também confirmado o estabelecimento e a sala onde serão feitas as provas. Essas informações serão enviadas até dia 20 de maio de 2015. Os locais das provas serão selecionados pelo candidato no momento da inscrição. Há 5 cidades onde as provas serão aplicadas: Araranguá, Blumenau, Florianópolis, Joaçaba e Joinville.

As provas são objetivas e o gabarito será disponibilizado no site do concurso na segunda-feira, 25 de maio, a partir das 10 horas. A validade do concurso é de 2 anos a partir da homologação do resultado para cada área e pode ser prorrogada a critério do Instituto.

Publicidade

Outras informações

Sobre o preenchimento de vagas por negros e pessoas com deficiência é necessário consultar o edital. As disciplinas, os pré-requisitos e as cidades para onde as #Vagas estão disponíveis estão também dispostas no edital no site do IFC. Também no edital o candidato encontrará o cronograma previsto (completo) e declarações para solicitação de vagas reservadas, condição especial de prova ou declaração de hipossuficiência financeira. #Trabalho