Os concursos do IBGE e do INSS estão entre os mais esperados pelos concurseiros do país. Ambos oferecerão um grande número de vagas e uma boa remuneração. A dúvida é quando os editais serão divulgados, já que, desde 2014, há notícias sobre a realização dos mesmos. Entretanto, ainda estão abertos concursos de algumas prefeituras e do Conselho Federal de Administração.

INSS

Até o dia 27 de abril deverá haver uma resposta sobre a autorização e divulgação do edital do concurso do Instituto Nacional do Seguro Social. O INSS solicitou quase 5 mil vagas para suprir o déficit de funcionários que atinge o instituto. Estão previstas vagas para nível médio e superior, para os cargos de técnico (ensino médio completo), analista do seguro social (exige ensino superior) e perito médico (para quem possui graduação em Medicina).

Publicidade
Publicidade

A remuneração varia de R$ 4.620,91 até R$ 10.559,64. O requerimento sobre as informações relativas ao certame foi encaminhado pelo Deputado Federal Chico Alencar (PSOL-RJ).

IBGE

Já o concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) deve ter sua divulgação ainda no primeiro semestre de 2015. Houve uma diminuição do número de vagas em relação ao que se especulava no ano passado. Em agosto de 2014, a expectativa era da abertura de 1.564 vagas, agora deverão ser colocados em disputa 660 oportunidades - contratações que estariam abaixo da necessidade do instituto.

Segundo a Associação e Sindicato Nacional dos Servidores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (ASSIBGE-SN), o número de servidores que deverão ser contratados após o processo seletivo está muito aquém se comparado a defasagem de funcionários e o anúncio da diminuição de vagas foi decepcionante.

Publicidade

Ao que tudo indica, serão 440 oportunidades para pessoas com nível médio para o cargo de técnico e 220 para o posto de analista em tecnologia, esses com exigência de formação superior.

As remunerações chegam até R$ 4.416,78 para os admitidos na seleção de nível médio e 8.318,63 para as funções que exigem escolaridade superior. #Trabalho