Quem está cursando graduação em jornalismo, ou até mesmo já ingressou no mercado de trabalho formal, não pode deixar de conferir essa chance. Até o dia 8 de maio estão abertas as inscrições do "I Prêmio Jornalismo Cidadão - Radiotube 2015". O concurso é uma promoção do Centro de Imprensa, Assessoria e Rádio, o Criar Brasil, que é uma organização não governamental sem fins lucrativos. O prêmio tem patrocínio do Programa Petrobras Socioambiental.

O prêmio engloba reportagens de áudio e vídeo que abordem temas ligados à #Comunicação e aos direitos humanos. Dessa forma, os participantes deverão ficar atentos ao desenvolverem as reportagens para não fugir do tema proposto.

Publicidade
Publicidade

O concurso não é apenas para reportagens em língua portuguesa. A novidade é que serão aceitas também produções realizadas em espanhol. O conteúdo deverá ser alocado no site do Radiotube. As inscrições serão recebidas no site do Criar Brasil.

Os critérios de avaliação serão medidos por: respeito ao tema, ineditismo e qualidade técnica de áudio e vídeo. Serão aceitas até três produções por participante, contudo, apenas uma poderá ser premiada.

Serão selecionadas três matérias de áudio e três de vídeo. Quem vencer o concurso receberá prêmios de: R$ 800 para o 1º colocado; R$ 600 para o 2º colocado; e R$ 400 para a medalhista de bronze da disputa. Os valores são válidos para ambos os tipos de reportagem, independente desta ser desenvolvida em português ou espanhol.

Os prêmios serão entregues no Rio de Janeiro, durante a cerimônia de premiação, com data a ser marcada ainda pelo Criar Brasil.

Publicidade

Os premiados não precisarão arcar com as despesas de transporte e hospedagem. Elas serão custeadas pelo projeto.

O Criar Brasil

O Criar Brasil é uma das muitas ONGs espalhadas pelo Brasil que atuam pela democratização do país, desde 1994. A ideia do grupo é incentivar a produção independente em áudio e vídeo. Seu último concurso, "50 Olhares", moveu dezenas de pessoas em torno de um projeto documental para contar a história da ditadura militar no Brasil (1964-1985).

#Mídia