O Tribunal Regional Federal da 1ª Região abre 228 vagas para o cargo de juiz substituto. Estas estão espalhadas por catorze estados do país. O candidato deve ser formado em Direito e possuir três anos de experiência jurídica.

Os salários chegam a R$ 23.997,19 e o candidato deve atestar através de documentos, experiência mínima de três anos na área jurídica. O candidato deve possuir o diploma - de no mínimo três anos de Bacharel em Direito, de instituições reconhecidas pelo MEC - acompanhando o tempo exigido de experiência.

O concurso do STF para a vaga de juiz substituto será realizado pela Cespe/UnB. O candidato pode se inscrever até o dia 28 de abril de 2015 através do site da empresa.

Publicidade
Publicidade

A taxa de inscrição é fixada em R$ 239,00. O concorrente deve pagar o valor da taxa até o dia 29 de abril, caso contrário, será desclassificado por falta de pagamento. A seleção reserva 5% das vagas aos concorrentes que declararem deficiência.

Etapas

Em duas etapas iniciais, o concurso consiste em uma prova objetiva (múltipla escolha) e duas provas abertas (práticas de sentença Civil e Criminal), ambas de caráter eliminatório e classificatório. Além disso, o candidato será submetido a uma prova oral, avaliação de títulos, Sindicância de Vida Pregressa e Social e exames e testes de sanidade física e mental.

Provas

A primeira prova objetiva está prevista para o dia 21 de junho deste ano, nas capitais dos 14 estados que o concurso disponibiliza vagas. As provas escritas acontecem nos dias 21, 22 e 23 de agosto.

Publicidade

A prova oral será realizada no dia 20 de junho.

Confira as cidades em que serão realizadas as provas para o cargo de juiz substituto oferecido pelo Supremo Tribunal Federal da 1ª Região: Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Boa Vista (RR), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Goiânia (GO), Macapá (AP), Manaus (AM), Palmas (TO), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC), Salvador (BA), São Luís (MA) e Teresina (PI).

Outros concursos

Ministério Público de SP abre 107 vagas com salários de R$ 5.219,27 e a OAB abrirá inscrições para exame em junho. #Seleção de Futebol #Direto