Começou nessa quinta-feira (14), no Rio de Janeiro, o 8º Congresso Brasileiro de Ensino Superior Particular (CBESP) que reuniu mais de 500 entidades e lideranças do ensino superior privado e teve como um dos objetivos trazer propostas para reformular o programa governamental FIES - Fundo de Financiamento Estudantil. O Congresso teve fim nessa sexta-feira (15) com uma proposta de um novo FIES já formulado e intitulada de FIES 2.0, a mesma será encaminha ao Ministério da #Educação na próxima semana.

Rodrigo Capelato, diretor executivo do Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp) ressalta que os ajustes chegaram de forma muito abrupta e sem planejamentos, o que levou a diminuição na oferta de vários financiamentos.

Publicidade
Publicidade

O FIES como era realizado fugia da lógica do mercado, dando prejuízos e causando a diminuição da oferta do programa.

O FIES 2.0, além de propor ajustes concretos, propõe uma maior transparência, como por exemplo, oferecer ao aluno os cursos disponíveis no mercado e seus respectivos preços, além de dar a informação da parcela a ser paga pelo mesmo, Rodrigo Capelato citou o Programa #universidade para Todos (ProUni) como um modelo que o FIES poderia seguir.

Além dessas propostas, o novo FIES deverá vir com informações como a qualidade do curso, dados esses, que podem ser conseguidos através do INEP - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira que já realiza avaliações dos cursos, o nível de satisfação dos alunos já graduados, análise do nível de graduação e a empregabilidade do curso, que pode ajudar muito o estudante que procure por um curso que ofereça um melhor retorno financeiro.

Publicidade

O FIES 2015 encerrou as inscrições de novos contratos e não tem previsão para novos editais, já as renovações dos contratos foi prorrogada e podem ser realizadas até 30 de maio.

O Congresso

O 8º Congresso Brasileiro de Ensino Superior Particular (CBESP) começou nessa quinta-feira (14) e terminou nessa sexta-feira (15). O Congresso reuniu lideranças e donos de instituições do ensino superior privado de todo o país.

O Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular foi quem promoveu o encontro que teve como tema norteador: "Brasil: Realidade e Tendências para Educação Superior". #Governo