Mais um concurso público é aberto para #Comunicação. Dessa vez, foi a Marinha do Brasil que divulgou edital de abertura de processo seletivo. As inscrições começam na próxima segunda-feira, 1º de junho e seguem até o dia 07 de julho. A taxa de pagamento é de R$ 60.

Podem se inscrever graduados em qualquer área da comunicação social, desde que tenham seus diplomas vinculados a instituição de ensino superior devidamente reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

O cargo para o aprovado homologado será o de Primeiro-Tenente. O edital coloca como pré-requisito básico aos candidatos, ter idade inferior a 36 anos no dia 1º de janeiro de 2016.

Publicidade
Publicidade

Após cinco anos, o profissional passará por processo de avaliação, podendo ser considerado apto a ficar por tempo definitivo, caso seja avaliado positivamente. O valor pago pela Marinha a um Primeiro-Tenente é cerca de R$ 6,000. 00, considerando somente o salário base.

Mesmo o concurso disponibilizando apenas uma vaga para os comunicadores, disputar a chance de receber um salário destes já é um grande atrativo para quem comumente já estuda para os processos seletivos país afora.

As etapas do concurso

O concurso da Marinha do Brasil terá três etapas. A primeira delas consiste em aplicação de prova com 50 questões de conhecimentos específicos, além de uma redação. Os candidatos aprovados seguirão para a segunda etapa, que será exames ligados a avaliação de saúde, como também análise biográfica do mesmo, sobretudo, para saber sobre a conduta deste na sociedade.

Publicidade

Por fim, na terceira fase, os candidatos passarão por um curso de formação, com tempo estimado de 39 semanas, considerado como um processo adaptativo ao cargo. Quem demonstrar estar adaptado segue no trabalho por um tempo mínimo de cinco anos, podendo renovar por tempo definitivo, como já foi citado acima.

A vaga, a princípio, é para a Marinha do Rio de Janeiro, no entanto, o Primeiro-Tenente pode ser transferido para locais onde houver a necessidade de profissionais de comunicação. Para maiores informações acesse o site oficial da Marinha do Brasil.