O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) esta com inscrições abertas para concurso público para preenchimento de seis #Vagas. As oportunidades são para candidatos com nível superior completo e o vínculo entre contratado e contratante pode ser de até quatro anos. 

As inscrições devem ser feitas até às 22h do dia 15 de maio. O processo seletivo está sendo organizado pelo Cetro Concursos Públicos Consultoria e Administração. Para realizar a inscrição, basta o candidato entrar no site oficial do Cetro e preencher a ficha lá anexada. A carga horária é de 40h semanais, sendo 8 horas diárias para todas as vagas.

Publicidade
Publicidade

O prazo de duração do contrato com os candidatos que forem aprovados é de um ano, com a possibilidade de ser prorrogado por no máximo mais três anos. O processo seletivo será dividido em dois momentos: prova eliminatória e análise de títulos.

As taxas são de: R$ 55 para Atividades Técnicas de Suporte - Nível II (3 vagas); R$ 70 para Atividades Técnicas de Complexidade Intelectual - Nível IV (2 vagas) e R$ 85 para Atividades Técnicas de Complexidade Gerencial - Nível V (1 vaga).

A remuneração mensal varia de acordo com a vaga ocupada e equivalem a: R$ 3.800,00 no nível II ; R$ 6.130,00 no nível IV e R$ 8.300,00 no nível V. O que difere o nível dos candidatos é a experiência profissional. Os profissionais precisam ter experiência superior a dois anos para concorrer às três vagas de Suporte, mais de três anos para disputar as vagas de Complexidade Intelectual e mais de cinco anos para o cargo Gerencial.

Publicidade

Com o fim do processo de inscrições no dia 15 de maio, o próximo passo para a realização do concurso é a divulgação dos locais de prova, no dia 9 de junho. A avaliação será no dia 14 de junho, com 70 questões para cada nível, e o resultado previsto para ser anunciado em 24 de julho no Diário Oficial da União. Vale ressaltar que a prova será aplicada na cidade de Brasília e que não haverá reserva de vagas para pessoas com deficiência. Os locais em que os profissionais serão alocados ainda não foram determinados.  #Dicas