O HCPA (Hospital das Clínicas de Porto Alegre/RS) abriu novo concurso público com o objetivo de contratar funcionários que irão  trabalhar em diversas áreas. Neste processo seletivo, há vagas disponíveis que exigem o ensino fundamental, o nível médio e a graduação em um curso superior. Além disso, os salários podem chegar até R$ 6.450,02. 

Vagas 

As pessoas que possuem apenas o ensino fundamental completo podem disputar as oportunidades para profissional de apoio com especialidade na função de instalador hidráulico. Já os candidatos que concluíram o nível médio podem concorrer às vagas para os cargos de profissional de assistência, que irá trabalhar na unidade de fisiologia pulmonar, e técnico de manutenção, que deverá exercer a função na seção de geração central térmica.

Publicidade
Publicidade

Os profissionais que já concluíram a graduação no ensino superior podem realizar a inscrição para concorrer às vagas destinadas aos cargos a seguir: analistas que deverão trabalhar no setor de auditor de contas hospitalares ou na área de desenvolvimento de pessoas. Há oportunidades para analistas de tecnologia da informação, em que os profissionais devem exercer as funções nos setores de arquitetura de sistemas, análise e mapeamento de processos e gerenciamento de projetos. Na área da saúde, há vagas disponíveis para os cargos de assistente em macroscopia, médicos, Odontólogo especialista em periodontia e profissionais de educação física.

Salários e inscrições

Com relação as remunerações, os valores variam conforme o cargo e o tempo da jornada de #Trabalho. Assim, os salários têm o valor mínimo de R$ 1.887,90, sendo o teto salarial o valor de R$ 6.450,02.Os profissionais que trabalham por hora podem receber até R$ 41,27 por hora.

Publicidade

Vale ressaltar que a jornada de trabalho mensal varia entre 120h e 200h

Para participar do concurso do Hospital das Clínicas de Porto alegre, os candidatos devem realizar as inscrições através do site da FAURGS. O prazo final para que as inscrições sejam efetuadas é até o dia 28 de julho.  #Governo