O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou a abertura de 600 #Vagas para o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), um dos concursos públicos mais aguardados do Brasil para o ano de 2015. O edital com os detalhes da prova deve ser divulgado em breve.

As oportunidades deverão ser distribuídas em três cargos: analista de planejamento, gestão e infraestrutura, com 90 vagas; tecnologista em informações geográficas e estatísticas (50 vagas) e técnico em informações geográficas e estatísticas, onde serão oferecidas 460 vagas. As oportunidades são para o nível médio e superior de escolaridade.

Publicidade
Publicidade

A expectativa inicial era de que fossem aprovadas 660 vagas, porém, a realidade ficou abaixo do esperado pelos candidatos.

Para o cargo de técnico em informações geográficas e estatísticas, que exige nível médio de escolaridade, o salário oferecido deverá ser de R$ 3.320. Para os demais cargos, que exigem nível superior, os rendimentos podem passar dos R$ 7 mil. O preenchimento das vagas deverá acontecer a partir de dezembro de 2015.

O prazo legal para a publicação do edital de abertura do concurso público do IBGE será de no máximo seis meses, ou seja, até 27 de janeiro de 2016, que serão contatos a partir da data de publicação da portaria (27 de julho de 2015). A lotação dos candidatos e as cidades que deverão receber as vagas ainda não foi divulgada, porém, um dos parágrafos da portaria publicada pelo Diário Oficial da União destaque que, para o concurso deste ano, não deverá ser contemplada a localidade prevista no Anexo UM do Edital número 2 de 2013, que rege o concurso atual, organizado pela Cesgranrio.

Na última seleção do IBGE, realizada no ano de 2013, foram oferecidas 432 vagas de nível médio e superior para 132 mil candidatos, fazendo deste um dos concursos públicos mais concorridos do Brasil. Os salários naquela seleção variaram entre R$ 2.813,10 a R$ 8.907,45.

Naquela ocasião as oportunidades foram distribuídas da seguinte forma: 300 vagas para técnico em informações geográficas e estatísticas; 60 vagas para analista de planejamento, gestão, infraestrutura e em informações geográficas e estatísticas; 12 de pesquisador da informação e outras 60 vagas em tecnologista da informação. #Trabalho #Governo