O Hospital Santa Rita, em São Paulo, é visto como referência em procedimentos de intervenções cirúrgicas consideradas de média e alta complexidade. Para isso, o hospital possui profissionais da saúde trabalhando dentro dos diversos setores de atendimento. Por ser muito bem conceituado na área da saúde, os profissionais que exercem ou já exerceram atividades no hospital conseguem valorizar o currículo ao informar sua passagem por este hospital. Dessa forma, para quem deseja trabalhar no hospital, chegou o momento de se preparar para a entrevista, pois o hospital abriu diversas #Vagas de emprego.

As oportunidades

Para a função de auxiliar de enfermagem, o hospital exige que os candidatos preencham os seguintes requisitos: ensino médico, curso técnico de auxilar ou técnico em enfermagem, além de possuírem experiência na função e registro no COREN. O hospital é exigente, mas a remuneração paga é acima dos padrões, pois o salário é de R$ 1.686,28. Há vagas para trabalhar em escala 6x1 ou 12x36, no período noturno.


O hospital quer contratar novos técnicos em enfermagem para trabalhar na área da UTI. Os interessados devem ter completado o ensino médio, possuir o diploma de conclusão do curso técnico em enfermagem, ter experiência no #Trabalho, principalmente no setor de UTI, e ter registro no COREN. O salário pago aos técnicos de enfermagem é de R$ 1.956,00. O trabalho será realizado em uma jornada de horas com escala 12x36.


Há vagas para os profissionais da enfermagem que desejam trabalhar no centro cirúrgico. Os enfermeiros interessados em trabalhar no Hospital Santa Rita devem possuir o curso superior completo, experiência de atuação em centros cirúrgicos e o COREN ativo. Os novos contratados receberão salários no valor de R$ 3.623,09. Há vagas para trabalho no período vespertino (13h às 19h) e no período noturno (19h às 7h).


Os profissionais que desejam enviar currículos para se candidatarem às vagas e obter mais informações sobre as oportunidades de emprego oferecidas devem acessar o site do Hospital Santa Maria.