Para quem está em busca de qualificação profissional, mas não tem tempo e dinheiro para investir, uma boa oportunidade são os cursos gratuitos à distância. Se é isso que estava procurando, aqui vai uma boa notícia: em parceria com a Universidade Federal do Ceará e a Universidade Aberta do SUS, o Ministério da Saúde está com 10 mil vagas abertas para todo o Brasil, para o #Curso de Saúde das Populações do Campo, da Floresta e das Águas.

O curso é direcionado para lideranças de saúde, conselheiros e ativistas que lidam direto com as populações das águas, da floresta e do campo, porém o curso pode ser realizado por profissionais de qualquer área de formação.

Publicidade
Publicidade

Só é necessário ter interesse e curiosidade pelo assunto.

O conteúdo do curso online foi criado pela Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa, juntamente com a Universidade Federal do Ceará e a Secretaria de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde do Ministério Público.

O objetivo do curso é prestar informações aos profissionais da área de saúde e outros interessados sobre as condições de vida da floresta, do campo e das águas influenciam na saúde dessas populações. Outro objetivo é proporcionar a reflexão e o estudo sobre formas de melhorar a rotina de quem vive nesses locais.

 

Saiba como se inscrever no curso grátis

 

As inscrições podem ser realizadas até o dia 10 de outubro através da internet, no site da UMA-SUS/UFC. Depois de realizar a inscrição, o aluno deve estudar o conteúdo e terminar o módulo do curso até 10 de novembro.

Publicidade

A partir de 10 de novembro os conteúdos serão bloqueados e não será possível terminar. Para se inscrever não é necessário pagar nenhum tipo de taxa, pois a inscrição e o curso são gratuitos.

Com o cadastro ativo, o ambiente virtual poderá ser acessado apenas com o número do CPF, por isso é importante confirmar se prestou as informações pessoais corretamente.

Aproveite essa oportunidade para melhorar o seu currículo, se atualizar e enfrentar desafios novos. Realize sua inscrição ou compartilhe com profissionais da saúde que você conhece!

  #sistema de saúde