A iniciativa privada anda tendo um período de contenção nos gastos com relações à novas contratações, o que não deve ocorrer pelos menos nos próximos meses que compreendem o fim deste e o início de 2016, contando positivamente para aqueles que almejam uma carreira pública, ainda é possível se preparar. 

As oportunidades na esfera federal nos próximos meses com a expectativa da publicação de editais para os cargos públicos afim de suprir órgãos federais devem sair ainda este ano, os mesmo já foram liberados pelo Ministério do Planejamento, segundo publicação no portal UOL. 

A matéria publicada no início de setembro, afirma que a opção pelos concursos públicos pode ser um bom caminho para quem anda enfrentando dificuldade para ingressar no mercado de #Trabalho.

Publicidade
Publicidade

Com o anúncio de cortes no orçamento que prevê a suspensão de alguns concursos federais, o Ministério do Planejamento por meio de nota tratou de esclarecer em tempo que os autorizados não serão afetados pela medida orçamentária do #Governo Federal e devem ter a confirmação de seus editais nos próximos meses.

Segundo o portal de notícias UOL, ainda este ano de 2015 pelos menos nove órgãos federais disponibilizarão quase 4.116 (quatro mil cento e dezesseis) vagas para suprir seus departamentos por meio de processo seletivo, sendo subdividas entre os níveis médio e superior com remuneração que podem chegar ao salário de R$ 9,1 mil (nove mil e 100 reais).

São eles:

  • Concurso INSS (#Edital previsto até 29 de dezembro);
  • Concurso ANAC (Agência Nacional de Aviação, edital até 24 de dezembro);
  • Concurso ANS (Agência Nacional de Saúde, sendo que tem até o dia 24 de dezembro para publicação do edital);
  • Concurso FUNAI (Fundação Nacional do Índio, a publicação deverá sair até 22 de outubro);
  • Concurso ANP (Agência Nacional de Petróleo, também como os concursos da ANAC e ANS, têm previsão para a publicação de seus editais até 24 de dezembro);
  • Concurso MRE (Ministério das Relações Exteriores, edital até 11 de dezembro);
  • Concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, com liberação de edital até 27 de janeiro de 2016);
  • Concurso Banco do Brasil e Correios (Devem ter ambos os editais publicados ainda este ano, não dependem de autorização governamental por se tratarem de empresas estatais).