Foi lançado um novo edital pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, o Capes. Trata-se de uma colaboração com a Alemanha, que irá oferecer a oportunidade para alunos brasileiros de realizar os seus estudos de doutorado e pós-doutorado no exterior.

O projeto tem o objetivo de aproximar as relações entre os países através do intercâmbio científico, por meio de pesquisas. Ao todo vão ser selecionados 10 projetos de pesquisa. É fundamental que eles sejam desenvolvidos em forma de parceria, ou seja, por brasileiros e alemães e precisam ser coordenados por um professor brasileiro.

Como de costume, há vantagens para aqueles que obtiverem a bolsa para pós-doutorado, que está oferecendo a ajuda de custo de 2.300 euros por ano apenas para cobrir a universidade.

Publicidade
Publicidade

Estudantes de doutorado terão acesso ao montante de 1.300 euros para custear seus estudos. Além disso, e focando bastante a importância que desempenhará o projeto de pesquisa, 10 mil euros são oferecidos para cobrir justamente os custos de execução de todo o projeto - esse valor será concedido por ano e deve cobrir inteiramente as despesas com a pesquisa. 

Inscrição      

Todos aqueles interessados em se candidatar para a bolsa devem acessar o site da Capes e buscar o edital do programa. É preciso ficar atento, portanto, ao fato de que o projeto de pesquisa deve ser enviado no ato da inscrição. A seleção será feita em grande parte a partir da apreciação dos projetos enviados.   Os prazo para que os projetos sejam inscritos é até o dia 7 de dezembro. Depois o candidato deve esperar pelo reultado da seleção, que será divulgado apenas no mês de maro de 2016.

Publicidade

Para maiores informações, não deixe de acessar o portal da Capes.

Há mais oportunidades de estudo no exterior. Confira quais são 5 bolsas de estudo que estão sendo oferecidas atualmente em países como os EUA, Reino Unido e outros. Além dessas, a instituição de ensino Nuffic, da Holanda, tem oportunidades para 50 bolsas ao todo apenas destinadas a alunos brasileiros.  #Educação #Trabalho #Curso