A Prefeitura de Cuiabá divulgou nesta semana a abertura do edital do concurso público que visa contratar mais de 3 mil novos profissionais para a Secretaria Municipal de Educação. As #Vagas são para nível médio, técnico e superior e as inscrições vão até o dia 27 de outubro. Para visualizar o edital completo e ficar por dentro de detalhes do processo seletivo basta acessar o site da Fundação Getúlio Vargas, que é a entidade responsável pela organização do concurso.

São 3.394 oportunidades para diversos cargos, para nível superior as vagas são para engenharia civil, engenharia sanitária e ambiental, fonoaudiologia, nutrição, contabilidade, gastronomia, arquitetura, administração e direito.

Publicidade
Publicidade

Já para ensino médio serão contratados técnicos em nutrição escolar, técnico em administração escolar, vigilante, técnico em  manutenção e infraestrutura, motorista, e técnico de multimeios didáticos. 

As vagas voltadas para área de educação são para pedagogia, licenciatura em artes e educação artística, licenciatura em educação física e técnicos em desenvolvimento infantil - com habilitação em magistério ou pedagogia. 

A carga horária será de 20h e 30h para os cargos citados, variando apenas o valor dos rendimentos mensais que vão de R$ 910 a R$ 2.709,02. Portanto, professores com carga horária de 20h terão salário de R$ 1.998,45; técnicos em desenvolvimento infantil com carga horária de 30h receberão R$ 1.398,91 e técnico em nível superior R$ 2.709,02. Todos os outros cargos receberão R$ 910,42 por 30h trabalhadas na semana.

Publicidade

Para validar a inscrição, o candidato deve pagar uma taxa que varia de acordo com o cargo escolhido. A taxa varia entre R$ 53 (nível médio), R$ 66 (para professores e técnico em desenvolvimento infantil) e R$ 75 (nível superior). Os candidatos que desejam isenção devem preencher o requerimento que também está disponível no site da Fundação Getúlio Vargas. Lembrando que será aplicada a lei de ações afirmativas que reserva vagas para negros, indígenas e portadores de necessidades especiais. #Trabalho