A Johnson & Johnson foi fundada em 1886 em Nova Jersey, EUA. Conta com mais de 110.000 empregados, atua em mais de 170 países do mundo através de suas subsidiárias e é especializada na produção de produtos médicos e farmacêuticos. Mais de 95% do mercado mundial de higiene é controlado pela multinacional e a empresa possui marcas conhecidas mundialmente, como o remédio Tylenol e o curativo adesivo Band-Aid.

Agora, a gigante está com mais de 3.000 #Vagas abertas para países na #Europa, América do Norte, Ásia e Oriente Médio. Em Portugal a empresa está selecionando para Lisboa, Coimbra e no Porto. Para Lisboa as vagas são para representante de vendas, gerente de negócios na área médica da neurociência.

Publicidade
Publicidade

A empresa também possui outras vagas para o mesmo cargo, porém na área de imunologia e hematologia.

Na Espanha as vagas são para analista financeiro e recrutador de talentos interno. Na Bélgica a empresa está selecionando profissionais para diversas áreas, são elas: cientista júnior, cientista sênior, gerente de produto e qualidade, especialistas em projetos, membro para o conselho legal e diretor de bioestatística. Na Holanda a vaga é para líder de CMC para o departamento de vacinas. Na Ásia as vagas são para China. Naquele país, a Johnson & Johnson está selecionando profissionais para diretores de e-commerce e digital, engenheiro de projetos na área da farmácia e gerente de marcas. No Oriente Médio a vaga é para gerente de serviços e facilidades em Israel e o profissional selecionado trabalhará em Jerusalém.

Publicidade

Nos EUA a vaga é para coordenador de pagamento de contas e o profissional trabalhará em São Francisco, na Califórnia.

Para saber como se candidatar a todas essas vagas leia os comentários da notícia.

Outras Vagas

A Philip Morris Internacional tem mais de 200 vagas abertas para profissionais de diversas áreas. São vagas na Europa, Ásia e Américas. Clique aqui e saiba mais.

Portugal está com mais de 15 mil oportunidades. A maioria destas vagas é para a capital do país, Lisboa. Clique aqui e saiba mais. #Trabalho