Destinos muito desejados entre que têm o sonho de ter uma experiência de #Trabalho no exterior, a Austrália e Nova Zelândia têm atualmente vagas em aberto para brasileiros; em algumas delas, aliás, é requisito saber falar o português. Para se inscrever e concorrer a uma das vagas anunciadas, o candidato deve acessar o site Neuvoo. Em seguida, deve procurar pelo cargo anunciado e seguir o passo a passo no site. 

Entre as vagas oferecidas, estão Tradutor freelance de português para inglês, barista, caixa em cassino, tradutor, executivo de marketing, chefe e recepcionista em clínica de dentista. Conheça um pouco mais sobre as vagas abaixo.

Publicidade
Publicidade

Nova Zelândia

Tradutor Freelance

A vaga é destinada a profissionais que tenham experiência na tradução de trabalhos acadêmicos. Pede-se que o candidato apresente trabalhos de tradução prévia. Ele deve traduzir pesquisas acadêmicas, atentando para a transposição correta de termos técnicos. 

Barista, Caixa em Cassino e Atendente de bar

Todas as funções têm vagas em aberto na cidade de Wellington. As posições são para cruzeiros. Pede-se que os candidatos possuam nível de inglês intermediário e disposição para longas horas de trabalho. 

Austrália

Chefe de cozinha        

A vaga é para a cidade de Sydney. São cinco vagas no total. O candidato deve ter experiência comandando uma cozinha e equipe de funcionários. Nível de inglês fluente é desejado, já que o chefe deve participar de reuniões frequentes com o gerente. 

Recepcionista em consultório odontológico          

O candidato deve possuir um inglês em nível intermediário e saber português é ponto positivo.

Publicidade

É desejável que se tenha alguma experiência na área, ao menos de dois anos. Ter personalidade agradável e espírito de equipe. A vaga também é para a cidade de Sydney.

Fique por dentro de outras oportunidades de trabalho e de estudo fora do Brasil. Entenda o que fazer para trabalhar legalmente nos Estados Unidos e também confira como conseguir bolsas de estudos oferecidas por três países desenvolvidos#Educação #Curso