Se você é um profissional que está em busca de uma nova vaga de emprego, ou é um jovem que está em busca do primeiro emprego, saiba que o seu currículo é a sua primeira impressão para o recrutador, então apresentar um bom currículo é um fator fundamental para se conseguir uma vaga em um mercado de #Trabalho que a cada dia está mais disputado. Confira sete dicas para fazer um currículo impecável, segundo analistas de recursos humanos.

1ª Dica

Um bom currículo não pode faltar dados pessoais

Jamais deixe de escrever informações sobre dados pessoais em seu currículo. Informações como nome completo, idade, endereço, e-mail, telefone e estado civil são fundamentais para que o recrutador não descarte o seu currículo logo de cara.

Publicidade
Publicidade

Então escreva corretamente seus dados pessoais e se tiver um perfil na rede social Linkedin, descreva o endereço do seu perfil, pois é muito importante. Não é necessário colocar numeração de documentos como RG e CPF.

2ª Dica

Não se esqueça de escrever a sua área de interesse

É um erro gravíssimo não escrever a área de interesse no currículo. Muitas pessoas descrevem cursos e experiência profissional e se esquecem da área de interesse a qual desejam trabalhar. Então fique atento, essa informação deve constar logo abaixo dos seus dados pessoais.

3ª Dica                     

Tome cuidado com erros de português

Um currículo cheio de erros de português causa uma péssima impressão no recrutador. Peça para pessoas próximas lerem seu currículo e nunca confie apenas no corretor ortográfico do seu computador.

Publicidade

4ª Dica

Não escreva informações falsas

Jamais forneça informações que não condizem com a verdade. Não escreva que fala espanhol fluente se você possui apenas o curso básico, pois se você mentir nas informações do seu currículo, na hora de fazer a entrevista você passará uma grande vergonha.

5ª Dica

Não faça um relatório e sim um currículo com informações precisas

Muitos currículos parecem mais relatórios tamanha é a extensão do currículo, um currículo deve conter no máximo três páginas, sendo que profissionais sem muita experiência, uma página é suficiente para o recrutador.

6ª Dica

Não se enalteça em sua autoavaliação

Profissionais que escrevem muitas qualidades profissionais e fazem uma excelente autoavaliação, acabam perdendo pontos e irritando os recrutadores, que preferem profissionais mais realistas sobre o seu perfil profissional. Evite adjetivos como: carismático, dedicado e atencioso.

7ª Dica

Coloque informações completas e relevantes em sua experiência profissional

Na sua experiência profissional coloque o nome completo da empresa a qual trabalhou, o ramo de atividade da mesma, função desempenha e data de admissão e demissão, inclua em cada campo, resultados que você trouxe a empresa quando lá trabalhou.

Siga as dicas acima e boa sorte em seus processos seletivos. #Desemprego #estágios