Na última quarta-feira, 02, sete dos 11 vereadores da Câmara de Maricá votaram a favor do projeto de lei do Executivo que prevê a criação de 244 novas #Vagas efetivas na prefeitura da cidade. Ainda não há previsão de quando possa ocorrer um concurso público para o provimento destas vagas. A pauta voltará a ser votada na Câmara na próxima segunda-feira, dia 7.

Segundo o projeto de lei nº 77, de 30 de novembro de 2015, o prefeito Washington Quaquá (PT), pede que sejam criadas 148 novas vagas de profissões, ainda não contempladas pelo regime estatutário da prefeitura, em todos os níveis de escolaridade.

Entre elas, destacam-se as de técnico em meio ambiente (3), técnico em apoio ao controle externo (5), biomédico (2), educador físico – mestre de capoeira (20), gestor público (6), instrutor de línguas em inglês (20), turismólogo (3), químico (1) e zootecnista (4).

Publicidade
Publicidade

Das carreiras em que já há servidores, foram indicadas 96 novas vagas. A profissão em que há mais necessidade de novos funcionários é a de guarda municipal. A tabela apresentada pelo prefeito pede 64 novas vagas de trabalho nesta área. Caso aprovado, Maricá poderá ter, no total, 264 guardas municipais.

Além dessas profissões, poderão ser ampliadas as carreiras de topógrafo (mais 1 vaga), administrador (mais 2 vagas), arquiteto (mais 6), contador (mais 5), engenheiro civil (mais 6), jornalista (mais 2), pedagogo (mais 6), técnico em planejamento (mais 3) e veterinário (mais 1). Estas carreiras já contam com vagas efetivas, mas, caso ocorra concurso, não se sabe ainda quantas contratações serão pedidas.

Antes da votação do projeto de lei, o vereador Adelso Pereira (SDD) elogiou a iniciativa do prefeito.

Publicidade

Para ele, o ingresso mediante concurso melhora a qualidade do serviço prestado à população.

“Vão abrir novas vagas para que o município possa ter o concurso público e melhorar a qualidade do serviço da nossa cidade. Eu acredito que é muito bom quando a gente cria vagas, pois nada melhor do que esse tipo de lei que contempla aquele que tem capacidade de ingressar no serviço”, disse.

No mesmo dia, foi aprovado em primeiro turno o aumento salarial dos servidores do Executivo. Caso seja sancionado, os funcionários receberão remuneração que varia entre R$ 1.000 e R$ 3.276,29, de acordo com a função, carga horária e escolaridade. #Educação #Edital