A CEF – Caixa Econômica Federal tem por objetivo abrir um concurso novo no 2.º semestre deste ano para o cargo de Técnico Bancário. O cenário em questão indica que grande parte da população de várias cidades irá querer participar desse concurso, devido à política econômica oscilante do país, mas principalmente pelo surgimento de um emprego que propicie solidez na manutenção do funcionário no posto de #Trabalho, chance real de ascensão profissional através de um plano de carreira criado por uma empresa secular que é a Caixa e finalmente, a garantia de uma aposentadoria a ser recebida mensalmente. 

Os atrativos que a Caixa oferece aos seus colaboradores são muitos, tais como: plano de cargos e salários que percorrem o total de 48 patamares de remuneração, o que por si só propicia um vasto horizonte profissional.

Publicidade
Publicidade

Na realidade, os concursos para o cargo de técnico bancário são efetuados, aproximadamente, de dois em dois anos, onde milhares de candidatos de todo o Brasil geralmente participam do processo seletivo em suas diferentes etapas, a saber, recrutamento, seleção e treinamento. 

Um pré-requisito obrigatório para se concorrer às #Vagas é que os interessados estejam com no mínimo dezoito anos de idade e que tenham concluído o ensino médio. O cargo de técnico bancário inicia-se com uma remuneração de R$ 2.932,32, valor total este que é subdividido nos seguintes números: R$ 2.025 referente ao vencimento-base, mais R$509,96 que é o auxílio-alimentação/refeição e uma cesta alimentação de R$397,36. 

Em resumo, as vantagens da vaga são: oportunidade de crescimento e aperfeiçoamento no cargo; poder angariar a PLR – participação nos lucros e resultados da empresa, conforme regulamentação da legislação e do acordo coletivo vigente da categoria; o funcionário poderá optar pelos planos de previdência e saúde complementares; recebimento dos auxílios refeição e alimentação; ainda se pode receber a cesta de alimentos ou o auxílio a essa; participação em estratégias criadas pelo departamento de Recursos Humanos no que tange ao desenvolvimento e elevação da escolaridade e fazer parte dos grupos responsáveis na empresa pelo cuidado com a saúde, vida com qualidade e também a prevenção de acidentes em geral no ambiente laboral. 

Obviamente que o processo seletivo não é algo que seja tão simples ou mesmo considerado fácil, pois os candidatos com ensino médio concluído farão provas de português, matemática, raciocínio lógico-dedutivo, assuntos contemporâneos, princípios da ética, leis específicas com conhecimentos do segmento bancário e prestação de atendimento como um todo. 

Enquanto as pessoas aguardam a publicação do edital com a divulgação da data do concurso para técnico bancário, os interessados devem otimizar ao máximo o tempo disponível para irem estudando.

Publicidade

#Desemprego