A Diretoria de Ensino da Marinha prevê, para o mês de fevereiro, abertura do #Edital do concurso para o ingresso na Escola de Aprendizes-Marinheiros, realizado todos os anos para suprir os quadros da entidade. Para as turmas dos últimos anos, o concurso abriu mais de duas mil vagas anuais. A última edição, por exemplo, teve 2.200 vagas concorridas por jovens do país todo.

Apesar de ainda não haver um calendário definido para o edital e sendo as Forças Armadas sistemática,  espera-se que o edital apresente um calendário com a prova intelectual prevista para o mês de março, conforme ocorre todos os anos. Além da prova intelectual, há mais duas fases: testes físicos e exames de saúde.

Publicidade
Publicidade

Os candidatos aprovados iniciam o #Curso em 2017.

São condições previstas para o ingresso no curso: ser brasileiros nato, do sexo masculino, ter entre 18 e 21 anos, ter concluído o ensino fundamental  e ter sido aprovado e classificado no concurso, que terá questões das disciplinas de Português, Matemática, Física e Química. O curso de formação tem duração de 11 meses e conforme classificação no concurso, o candidato aprovado poderá optar  por uma das Escolas de Aprendizes-Marinheiros para a realização de seu curso. Atualmente, a Marinha conta com quatro Escolas de Aprendizes-Marinheiros, as quais estão localizadas nas cidades de Fortaleza(CE); Vitória(ES); Recife(PE); e Florianópolis(SC).

Durante o curso de formação, os alunos são remunerados (R$ 680,00), têm direito a tratamento médico, fardamento, alimentação (café, almoço, janta e ceia), além de alojamento, ou seja, estudam por conta da União.

Publicidade

Após a formação, o aluno poderá ser transferido para servir à Marinha em outras unidades espalhadas pelo país, nas quais darão prosseguimento às suas carreiras iniciadas como aluno (ingresso no curso); com promoção a Grumete (durante o curso) e a Marinheiro ao término do curso, soldo base R$ 1.491,00. Depois de formado Marinheiro, o novo militar seguirá a carreira de praças da Marinha oriundos da Escola de Aprendizes-Marinheiros, a qual poderá galgar, naturalmente, por meio de concursos internos e novos cursos de formação, sucessivas promoções até a promoção de suboficial. Atualmente, o soldo base do salário de um suboficial é de R$ 4.677,00.

No meio da crise, eis, então, uma grande oportunidade para muitos jovens brasileiros. Carreira estável, plano de saúde, e salários que nunca atrasam.