O Ministério da Saúde vai abrir concurso com 2493 #Vagas para profissionais das áreas administrativas, enfermagem e setores técnicos. Esta informação foi anunciada quarta-feira (6), quando o ministro do planejamento autorizou a criação do concurso. É importante ressaltar que as vagas são temporárias, com possibilidade de durar aproximadamente 2 anos. Esta é uma grande oportunidade de conseguir experiência. Leia a seguir as principais informações sobre o concurso que deve ser o melhor da área da saúde neste ano.

Vagas

As 2493 vagas estão distribuídas entre os seguintes cargos: 580 vagas para técnico em enfermagem, 605 oportunidades para enfermeiros, 693 oportunidades são para o cargo de médicos especializados, 274 vagas para atividades de suporte em gestão e manutenção hospitalar e 341 oportunidades para  gestão e manutenção hospitalar com apoio técnico e diagnóstico.

Publicidade
Publicidade

As vagas podem ser distribuídas em todo o Brasil.

Os contratos com os novos funcionários terão validade inicial por um período de 6 meses, com a possibilidade de prorrogação contratual por um prazo de até 2 anos. Os valores dos salários serão informados pelo Ministério da Saúde posteriormente.

O concurso

Com a autorização para abrir o concurso, o Ministério da Saúde deve escolher a banca responsável pela realização do concurso para que seja feito o cronograma informando a data de lançamento do edital, o período das inscrições, distribuição das vagas, valores dos salários, entre outras informações importantes.

Esta notícia é importante e deve ser compartilhada, pois os candidatos precisam começar a estudar para este concurso. Afinal, trabalhar no Ministério da Saúde é uma grande oportunidade profissional.

Publicidade

Concursos abertos

A Intermédica abriu processo seletivo com vagas para auxiliares, técnicos em enfermagem e enfermeiros. Os salários podem chegar até R$ 4.230,00. Clique aqui para ler a notícia completa.

Novo concurso do SAMU abre 849 vagas com salários que podem chegar até R$ 9 mil. Clique aqui para ler esta notícia completa. #Trabalho