Dizer que o Brasil é o país dos concursos, não é uma verdade absoluta, mas é fato quando muitas pessoas se valem dos concursos e processos seletivos criados para conquistar uma colocação profissional duradoura e rentável, ainda mais com a instabilidade econômica pela qual vem atravessando o país. 

De encontro a esta realidade, o INSS - Instituto Nacional do Seguro Social finalmente veiculou no DOU – Diário Oficial da União, o tão esperado #Edital que trata do anúncio agora oficial, de abertura do concurso de caráter público, direcionado a aderência em funcionários de exatamente 950 vagas. 

As posições a serem preenchidas, vão desde o nível médio até as que exigem formação universitária.  É importante salientar que nas vagas de ambos os níveis de escolaridade, haverá a criação do que é chamado de cadastro de reserva, o que por si só é algo positivo, já que favorece um número maior de contratações. 

São 800 vagas unicamente reservadas para a ocupação de Técnico do seguro social (conforme previsto anteriormente), vagas essas que exigem o nível médio de ensino e mais 150 vagas destinadas para a atribuição de Analista, sendo que para essa última, se faz necessário a formação comprovada em Serviço Social.

Publicidade
Publicidade

O INSS contrata por meio do regime estatutário, assegurando estabilidade aos profissionais selecionados no concurso. 

Como de costume há o sistema de reserva de cotas valendo aqui também, isto é, ocorrerá a reserva de posições para os portadores de necessidades especiais e a raça negra, sendo toda esta dinâmica gerida técnica e administrativamente pela Cespe/UnB - Centro de Seleção e de Promoção de Eventos que é órgão pertencente à Fundação Universidade de Brasília, responsável por algumas atividades, entre as quais, concursos públicos. 

Se fosse em data atual, o Técnico do seguro social receberia de salário o valor de R$ 4.614,87 (sendo que depois de seis meses pode atingir a R$ 5.259,87). O Analista tem direito ao salário para iniciar de R$ 6.832,89 (atingindo a R$ 7.869,09 também depois de seis meses).

Publicidade

Com o fim da greve do INSS, os salários acima sofrerão reajuste em agosto de 2016, sendo que o Técnico e o Analista receberão respectivamente, R$ 5.413,90 e R $8.050,25. 

Desde o dia 04/01 as inscrições para os interessados encontram-se abertas e se estenderão até 22/02, podendo ser feitas no próprio site da Cespe/UnB, com a ressalva de que o candidato quite o valor de R$ 65,00 como taxa de inscrição para a vaga de Técnico e de R$ 80,00 para o cargo de Analista. Quanto as pessoas que pleiteiam a solicitação de isentar-se do pagamento, isso poderá ser realizado por ocasião das inscrições no Cespe/UnB. 

É provável que a avaliação dos candidatos ocorra em 15/05 no DF, nas capitais dos 26 estados e ainda em muitas cidades do interior brasileiro. O período da manhã será reservado para aqueles que optaram pelo cargo de Analista e a tarde para os que decidiram pelo cargo de Técnico. Após a data em que a publicação do resultado for homologado, a validade do concurso passa a ser de um ano, havendo a possibilidade de prorrogar-se por período de tempo igual.

Publicidade

#Trabalho #Desemprego