Quem ainda está em busca de emprego, não pode perder tempo. A Lacta vai contratar quase 10 mil pessoas para as #Vagas temporárias de Páscoa, em todo Brasil, com possibilidade de efetivação.

A marca é originalmente brasileira e já possui mais 100 anos de história. Em 1996 foi vendida para a Kraft Foods, passando a integrar a Mondelez International, em 2012. A empresa está sediada em Curitiba (PR), porém conta com unidades em Piracicaba, Bauru e Vitória de Santo Antão.

Atualmente, o presidente é Alejandro Lorenzo e a organização possui cerca de 12 mil colaboradores, em todo o território nacional. As vagas são para diversas áreas e o cadastro pode ser realizado no menu “Trabalhe Conosco”, no site oficial.

Publicidade
Publicidade

Nordeste

É importante destacar que desse montante, aproximadamente, 180 oportunidades são destinadas ao Ceará, para o cargo de animadores de Páscoa. Estes irão representar a empresa em pontos de vendas e ainda deverão realizar o atendimento aos clientes, mantendo os produtos sempre organizados. Nesse caso, o contato deve ser feito pelo e-mail do recursos humanos: keila.bezerra@rhpromo.com.br, até o dia 7 de fevereiro.

Quem pode participar?

Qualquer pessoa com 18 anos ou mais. A empresa não estipula o grau de escolaridade, mas espera encontrar pessoas proativas, de boa comunicação, perseverantes e com capacidade de abordagem significativa.

Média salarial

A Lacta também não informou os valores envolvidos, mas assegura que paga o que vem sendo trabalhado no mercado.

Contratação

Os candidatos fora do estado do Ceará também deverão realizar o cadastro até o início de fevereiro, no site, uma vez que as contratações deverão ser efetuadas, a seguir.

Publicidade

Para se ter uma ideia, há urgência no processo de contratação, sendo assim, o contrato é imediato. De acordo com a empresa, aproximadamente, 13% do total de pessoas contratadas nesse formato temporário acabam sendo efetivadas.

Acredita que essa informação possa ser de alguma utilidade para alguém? Então, recomende e compartilhe nas suas redes sociais. #Trabalho