A Polícia Rodoviária Federal lançou ao #Governo um pedido de 1.500 vagas para preencher o quadro dos policiais rodoviários federais, pois, segundo o MPOG, existe uma grande necessidade de profissionais para essa área. Para disputar esse certame, o candidato precisa obrigatoriamente estar munido de um Diploma de Nível Superior validado pelo Ministério da Educação. O salário de um policial rodoviário federal é de R$ 7 mil.

O último concurso da Polícia Rodoviária Federal aconteceu ainda em 2013, e solicitou a efetivação de 1.000 vagas para suprir as necessidades, à época. Para essas vagas, houveram 109.769 mil inscritos que contaram com um prazo de validade do Concurso de um ano. Ou seja, ele já foi prorrogado e vai até maio de 2016, sendo que não pode mais prorrogar.

Publicidade
Publicidade

O órgão já nomeou todos os aprovados e existem locais no Brasil que estão com defasagem de pessoal.

Já em 2015, através do Ministério do Planejamento, a presidente do Brasil Dilma Rousseff anunciou que, dada a grave crise econômica, seria bastante difícil que o Governo abrisse concursos no ano de 2016. Os ajustes fiscais que foram feitos ainda naquele ano impediriam qualquer tipo de investimento para selecionar novos profissionais através de concursos públicos. 

No entanto, o próprio MPOG, (Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão) havia citado que: “Se, em um futuro próximo, houver a necessidade emergente de preenchimento de vaga para a Polícia Rodoviária Federal, o governo federal reconsiderará o aviso de não fazer mais concursos e tomará a decisão de realizar o referido concurso público.”, escreveu em nota.

Publicidade

 A informação foi data porque a Polícia Rodoviária Federal está com um efetivo bastante reduzido e isso começa a incomodar as autoridades. Caso a situação persista e o quadro continue se reduzindo, será preciso que a Direção da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FENAPRF) tome a decisão grave de parar com suas atividades por causa dos poucos policiais rodoviários, causando assim um colapso no serviço. #Seleção de Futebol #Curiosidades