Para quem está em busca de emprego, recolocação ou transição de carreira, o LinkedIn pode ajudar. 

Grandes empresas, nacionais e ao redor do mundo estão atentas à rede que cresce significativamente todo ano. São mais de 350 milhões de pessoas atualmente, movimentando, criando novos laços e, consequentemente, melhorando suas habilidades profissionais.

Se você ainda não aderiu à plataforma: não espere mais!

Se você já é usuário: seguem #Dicas preciosas para "encantar" o recrutador.

1) Nome: Inclua nome completo, sem uso de apelidos, jargões ou algum tipo de piada. Estamos falando de uma rede séria e profissional

2) Headline ou "título": Máximo de 120 caracteres.

Publicidade
Publicidade

É a chave de um perfil atrativo. Seja sucinto e ao mesmo tempo criativo. É aqui onde as pessoas terão a primeira impressão sobre você. É preciso "brilhar"!

Ainda nesse campo, é altamente recomendável incluir a localização, bem como o segmento em que atua.

3) Foto de perfil: campo extremamente importante! As pessoas são, por natureza, visuais. Portanto, uma boa imagem pode fazer muita diferença num primeiro "encontro". Descarte óculos escuros, animais de estimação, dentre outras coisas que não reflitam você PROFISSIONALMENTE. Seja honesto e autêntico. Fotos devem ser sóbrias, sem nenhum fundo que desvie a atenção para outros objetos. Sorrisos que não sejam exagerados são bem-vindos. Use todo o campo disponível para mostrar seu rosto. Seu corpo é desnecessário e não acrescentará nada às suas habilidades profissionais.

Publicidade

4) Personalize sua URL. O termo em inglês significa "Uniform Resource Locator", ou seja, é o seu endereço virtual. É possível customizar seu endereço. Faço-o simples e fácil de ser encontrado.

5) Sumário: Máximo de 2.000 caracteres. Nesse campo é preciso caprichar!

É o resumo de sua trajetória profissional, suas habilidades, resultados e projeções. É valido incluir links relevantes, como blog profissional, endereço de e-mail e telefone. Deixe o texto positivo, garantindo credibilidade ao seu perfil.

6) Experiência: Gaste o maior tempo possível aqui.

É nesse espaço onde você deve descrever, com riqueza de detalhes, toda a sua trajetória profissional.

Inclua cada empresa pela qual passou, cargos ocupados, treinamentos realizados e, principalmente, RESULTADOS!

Lembre-se: Recrutadores estão em busca de resultados concretos.

O campo "posição" permite até 100 caracteres e "descrição" até 2.000.

Você pode adicionar documentos, links, dentre outros. Mas cuidado! Recrutadores são extremamente ocupados e buscam detalhes que impressionem.

Publicidade

Não transforme o seu perfil num amontoado de informações desnecessárias.

7) Adicione competências: Atenção! Seja coerente ao adicionar uma habilidade. Se você nunca trabalhou com liderança, não assuma que possui essa característica.

Atribua ao seu perfil todas as competências desenvolvidas genuinamente ao longo de sua trajetória.

E, importante: Peça recomendações. E seja recíproco. Recomende amigos e líderes que foram e são inspiração para você.

8) Educação: Inclua aqui onde estudou (ensino médio, superior, especializações). Pode e deve anexar seus diplomas.

9) Conexões: Uma das principais fontes para se destacar.

Nesse ponto, seja ESTRATÉGICO!

Um número mínimo de conexões, segundo pesquisas seria de 300.

Mas tenha em mente: quantidade não é qualidade.

Selecione bem quem convidar e quem aceitar.

Diferente de outras redes, o LinkedIn é PROFISSIONAL. Você não deve apenas adicionar os amigos do colégio, faculdade, professores, colegas de #Trabalho ou familiares. É nesse momento em que você deve buscar pessoas com interesses semelhantes aos seus e, principalmente, profissionais que possam te endossar e, te ajudar a encontrar novos profissionais. O foco aqui é a busca de oportunidades.

O quê você busca? Uma vaga na Indústria Farmacêutica? Junte-se a eles. Conecte-se a pessoas que são influência nesse ramo. Siga empresas de renome. Participe de grupos. Veja e seja visto! #Internet