A crise na política e economia do Brasil parece que só não fez arrefecer um segmento de interesse público nacional, a saber: os concursos. Tanto é assim que a prefeitura de uma pequena cidade chamada Balneário Pinhal, no Estado do Rio Grande do Sul e distante 95 quilômetros da capital gaúcha, Porto Alegre, promove a realização de um concurso com a finalidade de conseguir preencher dez vagas que abrangem todos os níveis de ensino e também com o objetivo da formação do que é chamado do cadastro de reserva. 

Os salários chegarão ao valor de R$ 12.045,88, tendo uma carga de #Trabalho variando das 30 a 44 horas de jornada por semana. Vale frisar de que os cargos oferecidos para esse concurso são para candidatos com as seguintes formações: advogado, agente comunitário de saúde, biólogo, médico de saúde da família, monitor da casa de passagem, técnico em informática, entre alguns outros. 

O prazo está bem próximo para o término das inscrições, pois as mesmas devem ser preenchidas com o máximo de urgência até somente o dia 02 de março, quarta-feira, devendo ser feitas no site da Legalle Concursos, que é a organizadora oficial do processo seletivo.

Publicidade
Publicidade

Outra informação importante para os interessados que julgam possuir os pré-requisitos necessários à seleção, é que a taxa de inscrição tem o valor oscilando proporcionalmente ao cargo almejado, ou seja, de R$ 40,00; R$ 50,00; R$ 80,00 ou R$ 100,00. 

Haverá reservas legais de vagas para indivíduos portadores de necessidades especiais ou deficiências, onde em sete de março, será feita a veiculação por meio de publicação da homologação das inscrições em caráter provisório. As provas provavelmente serão aplicadas no dia 03 de outubro, sendo avaliações teórico-objetivas para os candidatos inscritos na sua totalidade.

O teste é constituído de 40 questões, sendo nelas medidas os conhecimentos exigidos em função do cargo requerido. No dia 22 de março, terça-feira, será anunciado o local de realização da prova; avaliação essa que terá prazo de validade de dois anos, podendo ou não ser prorrogada uma única vez, em período igual de acordo com os critérios na época por parte da prefeitura.

Publicidade

#Desemprego #Curso