O ministério do #Trabalho anunciou nesta quarta-feira, dia 16, que vai abrir concurso para o preenchimento de um total de 847 vagas destinadas ao cargo de auditor do trabalho. O pedido já foi encaminhado para o ministério do Planejamento pela segunda vez e aguarda somente esta autorização para que os preparativos do certame possam ser iniciados. As vagas a serem preenchidas são destinadas a pessoas com curso superior, em qualquer área e a  remuneração inicial será de R$ 16.201,64, acrescido de auxílio-alimentação no valor de R$ 458,00.

De acordo com o secretário de Inspeção do Trabalho, Paulo Sérgio de Almeida, estão sendo feitas as negociações com os técnicos do planejamento do governo, para que o concurso seja um dos primeiros a serem liberados, logo após o encerramento das restrições impostas à realização de novas seleções.

Publicidade
Publicidade

Atualmente, a  carreira de auditor do trabalho conta com um total de 1.100 vagas ociosas . De acordo com os parâmetros da Organização Internaional do Trabalho (OIT), seriam necessários 5.000 novas vagas para preencher adequadamente as necessidades do órgão.

As vagas para o cargo de auditor deverão ser preenchidas de forma gradativa, ao longo de três anos, conforme negociação que segue com o governo. Deste modo, a área de planejamento sinaliza que haverá mais de um concurso para o cargo. Se por um lado, os candidatos terão que iniciar a preparação o mais rápido possível, por outro, eles terão três oportunidades de aprovação para um cargo que pode signficar uma mudança definitiva de vida. Com certeza, este é o sonho de muita gente que busca a tão sonhada estabilidade financeira.

Segundo Paulo Estrella, diretor pedagógico da  Academia do Concurso, a seleção para o cargo de auditor não é feita para qualquer tipo de concurseiro iniciante.

Publicidade

É preciso dedicação e muito estudo e requer do candidato uma preparação bem cuidadosa e aprofundada, para que ele possa ter chances mais reais de obter uma boa aprovação em um concurso, que com toda a certeza deverá ser bem concorrido. 

  #Educação #Desemprego