Quem está em busca de uma oportunidade para trabalhar no serviço público pode começar a se preparar para o concurso da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo (PGE-SP), que oferecerá #Vagas para os níveis médio e superior. A expectativa do governador do Geraldo Alckmin é de abrir vagas para 318 vagas, segundo o site de concursos Folha Dirigida.

O concurso é aguardado pelos estudantes desde 2014, porém com a crise econômica que afeta todo o país ele foi adiado. A seleção foi adiada após sanção em dezembro de 2015 por meio da Lei Complementar nº 16.083. O texto legal garante R$ 753,2 milhões para alterar o quadro das diversas unidades da PGE-SP.

Publicidade
Publicidade

A lei complementar também cria cargos para a área jurídica e prevê #Seleção pública.

Edital deve sair neste semestre

O setor de Recursos Humanos da Procuradoria já informou à imprensa que também está aguardando o concurso público para alocar os servidores no órgão. Segundo a PGE-SP, o #Edital de seleção deve ser finalizado até o primeiro semestre, em junho. Mesmo que pareça longe, muitos professores comemoram o anúncio do concurso, e lembram que seleções como INSS e IBGE demoraram também a liberar seus editais. Para eles, os candidatos mais preparados são aqueles que estudam meses antes deste documento ser divulgado.

A orientação para os concurseiros de primeira viagem é estudar primeiro as disciplinas básicas, como Direito Constitucional e Administrativo, além das lei de organização da Procuradoria do Estado.

Publicidade

As disciplinas de Raciocínio Lógico e Língua Portuguesa também são certas de caírem nas provas objetivas.

A última seleção para a PGE-SP foi organizada pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), no ano de 2011. Para o cargo de procurador quem realizou a seleção foi a Fundação Carlos Chagas (FCC).

Vagas

Segundo a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), das 318 vagas pedidas à pasta, 90 serão direcionadas para oficial administrativo de nível médio, com remuneração inicial de R$ 1.509,41.

Também haverá oportunidades para 118 vagas de procurador, que pede graduação em Direito. A remuneração paga é de R$ 19.528,88.

Haverá também vagas para analista administrativo (02), engenheiro (39), cujos pagamentos são de R$3.286,58 e R$5.031,24, respectivamente.