Com a crise atual agindo de forma devastadora, muitos brasileiros têm arriscado a vida no exterior. Apesar da situação geral não estar tão fácil como outrora em nenhum lugar do mundo, ainda há oportunidades e chances de crescimento para quem está disposto a se sacrificar e se mudar para o outro lado do mundo - não que viver nas maravilhosas terras australianas seja um sacrifício.

Muitos brasileiros têm apostado na mudança temporária: a intenção é ficar por alguns anos no exterior, juntar um dinheiro e voltar para o Brasil. Afinal, na Austrália se ganha em dólar australiano - que, segundo a cotação atual tem variado de R$ 2,80 a mais de R$ 3,00.

Publicidade
Publicidade

Porém, muitos acabam se apegando ao país e não retornam.

Trabalhadores de qualquer nacionalidade podem ocupar os cargos, desde que atendam aos pré-requisitos. Lembrando que é importante o domínio da língua inglesa. 

Confira algumas das carreiras em alta demanda nas principais cidades australianas em 2016

  • Administradores;
  • Gerentes de projetos;
  • Gerentes de engenharia;
  • Enfermeiros: geral; de idosos; de crianças e saúde da família; emergência; saúde comunitária; deficiência e reabilitação; clínica médica; saúde mental; pediatria; cirúrgicos; 
  • Gerentes de enfermagem;
  • Contadores;
  • Dentistas;
  • Protéticos;
  • Economistas;
  • Profissionais de navio;
  • Arquitetos;
  • Arquitetos paisagistas;
  • Cientistas;
  • Engenheiros: químicos; navais; civis; eletricistas; eletrônicos; de transporte; industriais; de materiais; geotécnicos; de petróleo; aeronáuticos; agrícolas; biomédicos; ambientais; de software;
  • Consultores e cientistas agrícolas;
  • Veterinários;
  • Físicos;
  • Professores de escola primária; ou secundária; de alunos especiais;
  • Metalúrgicos;
  • Médicos radiologistas; oncologistas; cardiologistas; neurologistas; pediatras; dermatologistas; endocrinologistas;
  • Ultrassonografistas;
  • Quiropráticos;
  • Anestesistas;
  • Fisioterapeutas;
  • Fonoaudiólogos;
  • Parteiras;
  • Analistas de sistemas;
  • Programadores;
  • Psicólogos: clínico; educacional; organizacional;
  • Advogados;
  • Procuradores;
  • Mecânicos;
  • Montadores;
  • Carpinteiros;
  • Marceneiros;
  • Pedreiros;
  • Cozinheiro chefe.

Para mais informações, acesse o site da imigração australiana.

Publicidade

#Trabalho #Vagas #Trabalhar no exterior