A #universidade de Durham, uma das mais conceituadas e tradicionais da Inglaterra, está oferecendo bolsas de estudos para o período compreendido entre os dias 04 e 29 de julho, época de verão, no país, e as inscrições devem ser realizadas até o início de maio deste ano.

Inscrições

Os interessados aprovados por meio das inscrições que irão até o dia 05 de maio, integrarão o programa “Durham Summer School Challenge” e os candidatos selecionados terão direito a uma bolsa de estudos em cursos de verão da referida instituição de ensino.

Cursos

Os temas abordados durante os cursos de verão da Universidade Durham vão de assuntos voltados à sustentabilidade e uso de energia ao longo da história (Transição de energia nas sociedades contemporâneas e emergentes), passando pela analogia entre a Primavera Árabe e o “ISIS”.

Publicidade
Publicidade

Outra opção, para os interessados, pode ser o #Curso que terá como foco de discussão “A fronteira norte do Império para a realização da Idade Média."

A Universidade de Durham Internacional, por meio de seu programa de cursos de verão, está esperando dos candidatos a demonstração de suas habilidades no que tange à linguagem acadêmica e o domínio do idioma inglês. A premiação para o melhor colocado nesses requisitos será a isenção de taxa de 100%, em torno de 3 mil libras.

Como participar

Para concorrer a uma das bolsas, após preencher o formulário de inscrição, diretamente no site da Durham International University, os candidatos, que devem estar cursando algum curso de graduação ou pós-graduação, terão de responder a um questionário e redigir uma redação, com algumas perguntas relacionadas ao "Desafio Escola Internacional de Verão da Universidade Durham" e ao tema "O Desafio do idioma inglês"

Os links estão disponíveis na área abaixo nos comentários.

Confira outras oportunidades

Estude no Canadá, o país está com bolsas de estudo acima de R$ 35 mil, saiba mais acessando aqui!

Itália tem atraído profissionais do mundo todo, confira algumas dicas para ingressa nesse mercado europeu!

  #Educação