O que acha de ser um redator do Serviço Social da Indústria – SESI e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI? O #Trabalho pode ser feito em casa, nas horas #Vagas e de acordo com o combinado com a instituição. Cada vez que uma das duas editoras necessite de algo, ela entrará em contato com os credenciados para negociar e, caso dê certo, fechar um contrato. Eles também estão cadastrando revisor. Clique aqui para saber mais. 

Com isso, não há vínculo empregatício, ou seja, mesmo quem trabalha em outro local pode se credenciar para a prestação de serviço esporádica. O contrato de credenciamento é válido por 12 meses.

Publicidade
Publicidade

Quem pode se credenciar como redator?

Podem se inscrever para prestar serviço pessoas físicas ou jurídicas. É necessário preencher uma ficha de inscrição e providenciar cópia de alguns documentos. Tudo será analisado pelas editoras, para ver se o interessado está apto.

Para poder tentar o credenciamento como redator é necessário ter formação em letras, comunicação, jornalismo ou editoração. Além de algo que comprove a formação em uma das áreas citadas, é preciso enviar exemplos de trabalhos feitos e contatos de locais para os quais a pessoa já trabalhou ou prestou serviço.

O credenciamento só será feito se for aprovado na verificação de documentos e de pré-requisitos. Mais informações, bem como a lista de documentos completa podem ser vistas no #Edital, clicando aqui. Dúvidas podem ser sanadas pelo e-mail  editorial@sesisenaisp.org.br.

Publicidade

Lista de documentos:

  • Pessoa Jurídica (PJ): cópia do Certificado de Registro Cadastral – CRC; ficha de inscrição; declaração concordando com os termos do edital.
  • Pessoa Física (PF): declaração de que concorda com o que consta no edital; ficha de inscrição; cópia do RG, PIS / PASEP / NIT e CPF, inscrição municipal (quando possuir) e comprovante de residência.

Valores pagos O valor a ser pago depende do trabalho a ser prestado, variando de R$ 80 a R$ 120 reais por lauda. Os valores serão reajustados após o 12º mês de vigência do edital.

Quando o contrato entre credenciado e editora for firmado, o pagamento pelo trabalho será feito em até 10 dais após a conclusão do trabalho e envio da documentação firmada. O valor será depositado em conta corrente em nome da pessoa com credenciamento.