Se você é daqueles que só começa a estudar após a publicação do edital, saiba que está perdendo tempo e ficando para trás. Após a publicação do edital, o prazo para a realização da prova varia entre 45 a 90 dias, ou seja, um prazo curtíssimo para se preparar para o concurso e estudar todas as matérias exigidas.

Como escolher as matérias para estudar

Como sabemos, as disciplinas exigidas e seus conteúdos mudam de um concurso para o outro. Quem presta concursos da área jurídica sabe muito bem disso, pois a todo instante ocorrem alterações em leis e códigos, tornando inviável estudar tais matérias antes da liberação do edital.

Publicidade
Publicidade

No entanto, existem as chamadas matérias básicas, que estão presentes na maioria dos concursos e é por elas que devemos começar a estudar, deixando as disciplinas específicas para estudar após o edital.

Para saber quais matérias básicas estudar devemos nos guiar pela área do concurso a ser prestado:

Concursos da Polícia Federal para Ensino Superior: Português, Raciocínio Lógico, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual Penal, Matemática Financeira, Contabilidade, Economia, Administração, Redação e Informática    .

Concursos da Área de Tribunais para Ensino Médio: Português, Matemática, Raciocínio Lógico, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Proc. Penal e Direito Proc. Civil.

Concursos da Área Fiscal para Ensino Superior: Português, Raciocínio Lógico, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Tributário, Matemática Financeira, Contabilidade, Estatística, Economia, Inglês e Informática.

Publicidade

Concursos da Polícia Civil para Ensino Médio: Português, Raciocínio Lógico, Matemática, História, Geografia, Atualidades e Informática.

Como já foi citado anteriormente, ao estudar matérias específicas antes do edital, você poderá correr alguns riscos:

  • Alteração de leis, fazendo com que o que você estudou torne-se ultrapassado e, consequentemente, errado;
  • Que o concurso a ser prestado não exija determinada matéria específica;
  • Alteração no conteúdo programático;

Sendo assim, procure analisar quais são as matérias básicas para o concurso que você pretende prestar e comece a estudar por elas. Desta forma, quando o edital sair, você poderá tranquilamente se dedicar às matérias específicas, ganhando tempo em relação àqueles que deixarem para estudarem tudo junto. #Dicas