Mudar de emprego e se reposicionar no mercado de trabalho, não é uma tarefa simples. É preciso otimismo, determinação, postura e um currículo excelente. Você precisa conquistar o recrutador em apenas sete segundos. Isso mesmo. Esse é o tempo médio que um profissional de recursos humanos leva para ler um currículo, segundo a Harvard Business Review.

De acordo com a revista Exame, é preciso que os jovens tenham calma e paciência para elaborar o currículo. A palavra que determina um bom currículo é planejamento. Além disso você precisa sentar, pensar e dedicar seu tempo. O Curriculum Vitae não é apenas um papel, ele diz o que você quer ser.

Publicidade
Publicidade

É necessário refletir sobre sua carreira e tentar transmitir de forma honesta o que você absorveu na sua graduação e vida profissional.

Na hora da elaboração de um currículo é necessário estar sozinho, sem a TV ligada, sem celular por perto. É necessário concentração e muito foco.

Para a formatação é necessário fontes tradicionais (Arial, por exemplo), na cor preta, com tamanho legível e margens tradicionais. Separe os itens experiência, formação em tópicos em negrito e sublinhado. A folha deve ser branca e tenha cuidado para ela não estar amassada. Se for enviar por email, salve sempre em PDF.

Como fazer um currículo excelente:

1) Depois dos seus dados pessoais (Nome, idade, endereço, email e telefone), informe seu objetivo profissional em uma frase. O objetivo deve ser direto e demostrar suas intenções e habilidades de trabalho.

Publicidade

2) A Experiência profissional deve estar em ordem cronológica, do emprego atual/último, para os mais antigos. Não é necessário colocar todos, destaque os mais importantes. Em baixo do nome empresa e período que você trabalhou, escreva como você evoluiu e cresceu na empresa. Que metas atingiu, como foi enriquecedor exercer aquela função. Aqui é importante colocar palavras-chaves atuais da sua área. Pesquise as competências desejadas no Linkedin em cargos similares.

3) A Formação acadêmica deve conter todos cursos acadêmicos, especializações e cursos de línguas. Jamais diga que é fluente em uma língua se não for. Coloque o nome da instituição, o tipo do seu diploma (Bacharelado, por exemplo), curso, cidade e ano em que concluiu.

4) No final do seu currículo coloque três referências para contato do recrutador. Disponibilize o nome, email e telefone dos contatos e certifique-se de que a pessoa irá lhe recomendar para a vaga.

Além do currículo impresso e PDF, lembre-se de manter seu currículo no Linkedin com a mesma ordem e sempre atualizado. Revise seu currículo e deixe alguém ler para conferir erros ortográficos e de digitação. Confie em você e boa sorte!

Vagas de emprego

Microsoft está contratando no Brasil e em Portugal

Lamborghini e Ferrari estão contratando na Itália

Apple está em busca de profissionais fluentes em português

Vagas em Milão: cidade italiana tem milhares de oportunidades de emprego #Emprego pelo Mundo